Em novo clipe, Malabaristas de Semáforo critica sociedade (tel)espectadora

O power trio carioca Malabaristas de Semáforo entrega mais uma prévia de seu novo disco, que será lançado no segundo semestre de 2018. No novo single “Feno”, a banda aborda o comodismo e a passividade da sociedade moderna. No vídeo, os espectadores, com cabeças de cavalo, assistem de uma tela em estática, apoiada sobre um monte da planta ressecada, da qual os equinos tão comumente se alimentam. Indo no caminho oposto, a canção é enérgica e potente, já disponível nos serviços de streaming pelo selo Caravela.

Ouça “Feno”: http://bit.ly/MalabasFeno

O conceito do vídeo tem uma ligação direta com a letra da canção. A inspiração veio dos reality shows, fazendo um paralelo com o livro “1984”, de George Orwell. Na obra, o “Grande Irmão” observa e controla toda a sociedade. Em uma comparação com a nossa própria realidade, a Malabaristas de Semáforo imagina um cenário em que telespectadores consomem conteúdos televisivos como em um zoológico humano. Nesse caso, o observador é o real manipulado.

“A banda não é contra a TV de uma forma geral, apenas a algumas situações onde a mesma é utilizada para anestesiar e alienar a população sobre seus problemas reais, limitando o interesse do povo ao já desgastado pão e circo”, reflete o vocalista e baixista Cleber ST. Além dele, a banda é formada por Fabrício Cardozo (bateria) e Pedro Grisolia (guitarra).

05

A Malabaristas de Semáforo surgiu em 2013, no subúrbio carioca. Passando por diversas formações até a atual, a banda busca provocar algum tipo de reflexão através de composições intensas que trazem protestos, ironia e reflexões sobre a vida, de forma seca e direta, evitando rodeios ou evasivas. Os múltiplos estilos – punk rock, pós punk, indie – valorizam ainda mais a guitarra, os riffs de baixo e a bateria sincopada.

A sonoridade tem influências do punk e pós punk do fim dos anos 70 e 80 de grandes nomes como Joy Division, The Cure e Plebe Rude. No indie rock, passeia com arranjos que lembram The Strokes, Bloc Party e Arctic Monkeys. A banda adiciona novos conceitos e influências ao seu rock sem rótulos, resultando num som selvagem, visceral, cru, explosivo e em constante metamorfose, suscetível a diversas interpretações.

04

Em “Feno”, a Malabaristas interpreta a composição de Vitor Monteiro, com produção musical do próprio Cleber e de Celo Oliveira, que também assina gravação, mixagem e masterização. Celo ainda filmou o clipe de “Feno”, e cuidou de edição e pós-produção ao lado de Gabby Oliveira.

Agora, os Malabaristas de Semáforo preparam um disco de inéditas. O álbum de 10 faixas teve como primeiro single a canção “Tédio”. O novo trabalho se soma ao elogiado EP de estreia, “Malabas”, lançado em 2017.

03

Assista ao clipe de de “Feno”:

Ficha técnica:

Música:

  • Autor/compositor: Vitor Monteiro
  • Produção musical: Celo Oliveira e Cleber ST
  • Gravação, mixagem e masterização: Celo Oliveira

Clipe:

  • Filmagem: Celo Oliveira
  • Edição/Pós produção: Gabby Oliveira e Celo Oliveira

Letra:

Estou assando uma mente bem quentinha meu irmão
Como um pão
Ingredientes que conservo na telinha de visão
É diversão
Mostra que está contente
Que é gente da gente
Beleza é pra sempre
Que o vil é da nação
Então
Construo estórias nojentas que mostram você
Reconhecer
Construo seu molde do jeito que eu bem entender
Dou feno pra uma nação
Minha missão

Acompanhe Malabaristas de Semáforo:

LEIA MAIS

Comentários