Dezessete cartunistas homenageiam Ziraldo na Bienal do Livro Rio no próximo sábado

Grupo faz parte dos 85 caricaturistas que estão reunidos na obra “Ao Mestre com Carinho – Ziraldo 85 no Traço de 85 Talentosos Cartunistas”

Se Ziraldo não vai à Bienal, a Bienal vai à Ziraldo. Nesta pegada, desde o começo da XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que vai  até o dia 08 de setembro, a editora Melhoramentos tem levado aos visitantes do evento um pouco da riqueza de Ziraldo e seus personagens.

Ziraldo não foi à Bienal, mas autografou vários de seus livros para seus queridos fãs. Ele também gravou vídeo especial, ao lado de Mauricio de Sousa e outros amigos, que pode ser visto em looping no estande da editora. Agora, a novidade vem através de seu amigo e conterrâneo Edra, que leva à Bienal dezessete dos 85 cartunistas que homenagearam o mestre na obra “Ao Mestre com Carinho – Ziraldo no Traço de 85 Talentosos Cartunistas”.

Publicado pela Editora Melhoramentos, “Ao Mestre com Carinho” reúne, nas suas 192 páginas, um registro ilustrado por caricaturas de 85 talentosos cartunistas, escolhidos a dedo, que recriam fatos da vida e obra do multifacetado Ziraldo.

A segunda parte deste trabalho notável foi trazer uma biografia com dados, datas, fotos, desenhos e particularidades da vida e da obra de Ziraldo, que adorou o trabalho e abriu seus arquivos para complementar a obra.

O resultado foi um livro-homenagem que teve ainda a participação dos irmãos de Ziraldo, Zélio e Geraldinho, com a arte da capa e prefácio do livro, texto de apresentação do cartunista/jornalista JAL, Presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil e na contracapa, uma mensagem do Jô Soares ao amigo de longa data.

Edra reúne no sábado, 7, às 15h30 os seguintes parceiros: Afonso Carlos; Alan Souto Maior; Alecrim; Amarildo; André Barroso; Aroeira; Edra; Erthal; Fábio Coutinho; Ferreth; Glen Batoca; Hippertt; Ique; Liberati; Mauro Miranda; Mig; Mônica Fuchshuber.

Cada traço dos cartunistas convidados desta obra manifesta admiração e carinho pelo mestre Ziraldo, apresentando desenhos dos mais variados estilos e técnicas, entre eles a participação especial de Mauricio de Sousa.

Cartunistas participantes

Abel Costa, Afonso Carlos, Alan Souto Maior, Alecrim, Alisson Afonso, Alpino, Amarildo, Amorim, André Barroso, André Camargo, Ariel, Aroeira, Baptistão, Bira Dantas, Biratan, Brito, Camaleão, Camilo Riani, Cerino, Chico Caruso, Cláudia Kfouri, Cláudio Aleixo, Cláudio Duarte, Cláudio Teixeira, Dálcio Machado, Edra, Enderson Santos, Erthal, Evandro Rocha, Fábio Coutinho, Fernandes, Ferreth, Fraga, Genin, Gervásio, Glen Batoca, Guedes, Hippertt, Humberto Pessoa, Ique, Ivo Favero, Izânio, J.Bosco, J.Fontinele, Jack, Jal, Jindelt, João Bento, Jorge Braga, Jorge Inácio, Leite, Lézio Jr., Liberati, Lucas Leibholz, Manga, Mário Alberto, Maurício de Sousa, Mauro Miranda, Mello, Mig, Miller Almeida, Moisés, Mônica Fuchshuber, Mônico Reis, Nei Lima, Paulo Branco, Paulo Caruso, Quinho, Rice, Rossi, Rui Miranda, Santiagu, Sérgio Gomes, Seri, Sid, Simch, Stegun, Suélen Becker, Thiago Lucas, Toscano, Turcios, Ulisses, Veronezi, Willian Medeiros e Xavier.

Autor

Natural de Caratinga, Minas Gerais, EDRA (Élcio Danilo Russo Amorim) é cartunista, produtor cultural, design gráfico e editor. Realizador do Salão Internacional de Humor de Caratinga; idealizador/fundador da Casa Ziraldo de Cultura; da Gibiteca Turma do Pererê e presidente da Associação Estação Cultural de Caratinga.

Iniciou sua carreira em 1980, no periódico Correio Braziliense, do Distrito Federal, e tem trabalhos publicados em diversos jornais e revistas nacionais e internacionais. Foi chargista do Diário de Caratinga, por 13 anos.

É autor de 27 livros, colaborador de importantes editoras do País e dos portais de humor Chargeonline e Brazilcartoon. Tem 23 premiações, entre os vários Salões de Humor de que já participou, no Brasil e no exterior.

Ziraldo

Ziraldo nasceu em Caratinga, Minas Gerais, em 1932. Autor de livros infantis, ilustrador e cartunista, é uma das personalidades de maior destaque na cultura brasileira. Sua obra compreende mais de 167 títulos para crianças e jovens, além de publicações para adultos.

Com seus livros traduzidos para diversos idiomas, entre eles o inglês, o espanhol, o alemão, o francês, o italiano e o hebraico, Ziraldo representa o talento e o humor brasileiros no mundo.

Seu livro de maior sucesso, “O Menino Maluquinho”, é um dos maiores fenômenos editoriais de todos os tempos no Brasil. O livro foi adaptado para teatro, quadrinhos, ópera infantil, videogame, internet e cinema, e conta com mais de 120 edições, tendo vendido mais de 3,5 milhões de exemplares.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA BIENAL DO LIVRO DO RIO.

LEIA MAIS

Comentários