Dedicado ao folk, duo Devonts antecipa álbum de estreia com o single “Quanto Mais Eu Ando”

A doce sonoridade do folk do Devonts entrega uma letra reflexiva e questionadora. Em “Quanto Mais Eu Ando”, a banda paulista mostra mais um gostinho de seu trabalho de estreia, a ser lançado no segundo semestre de 2017, sem abrir mão de uma de suas características mais marcantes: um lirismo que não foge das mais difíceis questões humanas. Na nova canção, os músicos Pedro Rui Von e Denis Cruz versam sobre as infinitas possibilidades do mundo moderno, em um contraste entre a ampliação dos horizontes e a distância da essência de quem se é.

Escute aqui o single “Quando Mais Eu Ando”.

Mais experiências para vivenciar, mais histórias para ouvir, mais caminhos para percorrer. É a partir dessa perspectiva que o Devonts constrói a narrativa de “Quanto Mais Eu Ando”. Diante da imensidão, a nossa pequenez frente à vida, que requer cada vez mais tempo dedicado e conhecimento acumulado. A inspiração surgiu durante uma viagem do duo ao interior de Minas Gerais. Sem acesso a meios de comunicação e às pessoas de seu convívio diário, os músicos compuseram os primeiros rascunhos do que se tornaria o novo single.

A canção abre os caminhos para uma série de lançamentos do Devonts, culminando no novo e aguardado álbum, sucessor do EP “Veias Abertas” (2016). Já conhecidos por sua mescla do folk tradicional a ritmos brasileiros, Pedro e Denis dão um passo adiante neste trabalho. Incorporando instrumentos como a zabumba e ritmos como o baião a uma sonoridade construída à base dos trovadores antigos e contemporâneos, o Devonts apresenta já nesta faixa o seu caldeirão sonoro.

single-quanto-mais-eu-ando

“Pensamos nela como single por ser uma canção que reúne muito bem as características sonoras do novo disco. Tem um toque do country-folk, ou indie-folk, que se conversa e se reveza com uma atmosfera um pouco tribal ou indígena em alguns momentos, como na percussão e no coro de vozes. Tudo isso mostra essa nossa tentativa de construir uma música dita folk, mas que é voltada pras nossas raízes brasileiras, nosso continente, nossa realidade. Essa dosagem de elementos de culturas diferentes foi um caminho bem explorado pelo rock psicodélico dos anos 1960 que, inclusive, é uma baita escola pra nós. E, no fim, tudo acaba soando como uma baladinha com um beat agitado, de maneira bem simples, que é o que nós somos”, explica Pedro, responsável por voz e violão (e, nesta faixa, banjo e contrabaixo), além de assinar como compositor. Já Denis é o baterista e percussionista, tudo sob o comando do produtor Marcos Alma.

Em breve, a banda revelará mais detalhes sobre o lançamento do disco, que se une ainda ao EP de estreia, “Renovação”, lançado em 2014 para apresentar a sonoridade do Devonts. Intenso e orgânico, o som do duo tem em Simon & Garfunkel, Secos & Molhados e Mumford & Sons suas maiores influências, sem deixar de lado canções que vão do pop ao alternativo, em uma construção sonora sem limites.

Ouça “Quanto Mais Eu Ando”:

Conheça o duo Devonts:

  • Pedro Rui Von: voz, violão, banjo e contrabaixo
  • Denis Cruz: bateria e percussão

Ficha técnica

  • Single: “Quanto Mais Eu Ando”
  • Gravado nos estúdios Space Blues e Nheengatu
  • Mixagem e masterização: Marcos Alma (Geblergasse Studio, Viena).
  • Produção musical: Marcos Alma
  • Música: Pedro Rui Von

LEIA MAIS

Comentários