Conheça o pop e a black music da Syntonos

A Syntonos nasce da vontade de criar música no cenário independente e unir o pop ao black no subúrbio do Rio de Janeiro. A mistura de visões, gostos, estilos, sensibilidade e amizade une os integrantes dentro da missão de passar musicalidade em todo Brasil.

O repertório é destaque desde meados de 2014, quando a banda alcançou notoriedade em uma sessão acústica. Agora, três anos depois, o grupo lança o EP “Vai Dançar”, com novos conceitos e referências, mas sem deixar de lado a combinação democrática de gêneros.

Composta pelos cariocas Rafael Costa (vocalista), Elaine Ladeira (vocalista), Jessica Nepomuceno (baterista), Augusto Lopes (baixista) e Stevie KingBeats (DJ), a Syntonos é a prova de que sintonia e harmonia é o coração de um conjunto.

05

O grupo forma-se a partir do sonho de Costa em ter uma carreira solo, mas a troca de ideias entre os membros da sua provável banda de apoio o fez mudar de ideia. Todos os integrantes possuem formação musical, sendo alguns oriundos da Escola de Música Villa Lobos, no Rio.

Com essa formação, a banda conseguiu feedback interessante do público e imprensa quando realizou uma sessão acústica. A session possui mais de 20 mil visualizações na fanpage do grupo.

Clique aqui e confira a session da banda Syntonos.

Inspirados na linhagem americana de inovação musical, a Syntonos carrega elementos de diversos gêneros, tais como soul, rap, hip hop e funk norte-americano, caracterizando-se como uma banda de black music autenticamente brasileira e potencializada pelas referências da cultura negra e afro do país.

Capa - Syntonos

Entre as referências estão nomes do presente e do passado, unindo referências brasileiras e ícones internacionais como James Brown, Michael Jackson, Bruno Mars, Justin Timberlake, Jamiroquai, Daft Funk, Negra Li, Seu Jorge, Tim Maia, Sandra de Sá, Claudio Zolli, Ed Motta, Djavan, entre outros.

Em 2017, a banda passa por processos de reformulação de estilo, trazendo mais elementos eletrônicos. A ideia é juntar o som antigo com as novidades do mundo da música e seguir o conceito de que “para se fazer o novo é preciso conhecer o antigo, mas para se diferenciar é preciso inovar”.

06

A proposta acrescenta o pop, trapsoul e dancehall ao que já era feito, a boa e velha black music. A partir disso, surge o primeiro registro “Vai Dançar”, EP com cinco faixas. Dessa vez, as referências acrescentadas são inúmeras, uma vez que todos da banda carregam musicalidade, particularidade e influência.

Firmando-se no cenário alternativo, a Syntonos traz um som diferente na cena, ao misturar a brasilidade com ritmos não tradicionais do país. A banda abraça a nova black music americana, sem deixar de lado suas raízes.

Confira na íntegra o EP “Vai Dançar” da banda Syntonos:

Conheça a banda carioca Syntonos:

LEIA MAIS

Comentários