Comunidade do bairro Pedreira recebe a segunda edição do “Cinema na Margem”

A  Praça da Associação, situada na Av. Luiz Lott, no bairro Pedreira, teve uma noite  dedicada a sétima arte na terça-feira, 08 de dezembro, quando recebeu o projeto “Cinema na Margem”. Foi exibido o filme “Uma Onda no ar”, do diretor Helvécio Ratton, que conta a história de uma rádio criada, no início dos anos 80, pelos moradores de uma grande favela em Belo Horizonte.

Aos poucos a praça ficou cheia de olhares curiosos e as pessoas foram ocupando os lugares e se preparando para a sessão de cinema ao ar livre. Para Juliana Pereira, moradora do bairro, estes eventos ajudam a mudar o dia a dia do bairro. “Geralmente sempre tem crianças jogando bola neste espaço e, hoje, quando estava voltando da faculdade, ouvi um som mais alto, cadeiras e telão, logo desisti de ir para casa e fui assistir ao filme, que é muito interessante”, explica a estudante.

O “Cine na Margem” é uma ação cultural idealizada pela Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) com a proposta de levar obras cinematográficas para o público de Itabira. O evento conte com exibições gratuitas e ao ar livre. A programação também tem objetivo de apresentar filmes que promovam debates e reflexões sobre temas diversos, tornando possível assistir filmes coletivamente. A primeira edição aconteceu na Praça  São Tomé no bairro Caminho Novo.

Para Marcos Alcântara, superintendente da FCCDA, “essa realização trouxe novas possibilidades de forma simples para fomentar a cultura, sendo desenvolvida com equipamentos que a própria instituição já tinha e, com a parceria do Cine BR Petrobrás, estamos viabilizando a difusão da sétima arte nas praças da cidade”.

03
O filme “Uma Onda no Ar”, do diretor Helvécio Ratton, foi exibido no bairro Pedreira.

Oficina do 42ºFestival de Inverno gera desdobramentos

A noite foi de comemoração também pela aquisição da aparelhagem completa para exibição de filmes pela Associação Comunitária do Bairro Pedreira. Em parceria com o Cine Clube Vem de Trem, que realizou uma oficina durante o 42º Festival de Inverno de Itabira neste ano, a Associação recebeu um kit (som, datashow, telão, HD com vários títulos) para promover o acesso a filmes.

O presidente do bairro, Hudson Junior, explicou como aconteceu essa parceria com o Cine Clube. “Eu participei da oficina que aconteceu no 42º Festival de Inverno de Itabira, que foi promovida no CRAS aqui do bairro e o Marcos Donizetti, um dos organizadores do CineClube Vem de Trem, entrou em contato com a associação oferecendo este kit para exibição de filmes”, conta.

A intenção agora é fazer sessões de cinema esporádicas no bairro e também em outras partes da cidade para promover a ideia do cineclubismo

O projeto “O Cineclube Vem de Trem”, viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura – CA: 1680/001/2014, propõe disseminar o cineclubismo no Estado de Minas Gerais, em especial nas cidades situadas ao longo da ferrovia Vitória-Minas, como forma de promover a democratização e o acesso ao cinema por municípios de médio e pequeno porte que não possuem salas de cinema em atividade.

LEIA MAIS

Comentários