Com o álbum “AR”, Almir Sater e Renato Teixeira vencem o Prêmio da Música Brasileira

Almir Sater e Renato Teixeira são parceiros e amigos de longa data, mas, somente em dezembro de 2015, lançaram o primeiro álbum gravado em conjunto. Intitulado “AR”, o projeto, que leva as iniciais da dupla, foi premiado em junho no 27º Prêmio da Música Brasileira – Edição 2016 na categoria “Melhor Dupla Regional”.

O álbum foi gravado em estúdios no Brasil e em Nashville, nos Estados Unidos da América (EUA), cidade importante para a música country, e contou com a produção de Eric Silver, produtor norte-americano que já trabalhou com nomes da música como Shania Twain, Cindy Lauper, Donna Summer e Dixie Chicks.

“AR” é um projeto multifacetado que navega por diversas vertentes da música como folk, country, bluegrass e rock setentista. Mas sem perder a essência da música caipira e poesia bucólica que são marcas registradas da dupla. “Tem uma fase da vida que você é rock and roll, tem outra fase que você é country e tem aquela que você é folk”, avalia Renato Teixeira.

04
Capa do álbum “AR” de Almir Sater e Renato Teixeira.

Apesar da antiga parceira e de beberem em fontes musicais parecidas, a dupla possui influências próprias e, nesse projeto, conseguiram imprimir um pouco dessa diversidade artística. Almir Sater, por exemplo, agrega o experimentalismo à tradicional sonoridade da viola caipira de dez cordas, além de incluir influências dos ritmos regionais do Mato Grosso do Sul, seu estado natal. “Apesar de sermos parceiros, temos estilos particulares. Foi possível deixar os dois bem evidentes”, conta Almir Sater.

“Todas essas músicas têm a cara da gente e condizem com a história que trilhamos juntos há mais de 30 anos. Nossos admiradores saberão que ele foi feito com o amor de sempre”, completa Renato Teixeira.

O CD “AR”  leva o selo Som de Gringo e é distribuído pela Universal Music. Clique aqui para conhecer o projeto.

LEIA MAIS

Comentários