Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, oferece ampla programação em junho

Diversas atividades gratuitas estão na agenda para o público todos os dias da semana

O mês de junho chegou e traz uma agenda repleta de atrações nos espaços culturais que integram o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, Minas Gerais. As atividades são gratuitas e contam com apresentações teatrais, conversas participativas, orquestras, minicursos, músicas, oficinas, exposições e até quadrilha junina.

No Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte (CCBB), a criançada pode conferir, até 16 de junho, o espetáculo “Mergulho”, história de dois personagens que vivem em universos distintos, onde a participação da plateia é essencial para o encontro de ambos. Quintas e sextas, 15h, sábado e domingo, das 11h às 16h. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Ainda no CCBB, a mostra “DreamWorks Animation” oferece aos visitantes acesso inédito ao acervo da DreamWorks (estúdio norte-americano responsável pela criação de animações como Shrek). O último dia para ver a exposição é 29 de junho. A entrada é gratuita e os ingressos estão disponíveis em eventim.com.br.

O Memorial Minas Gerais Vale traz “O Brasil que Merece o Brasil”, apresentado por Walter Firmo, reunindo 93 fotos que foram realizadas entre a década de 1960 e o ano de 2017, revelando uma percepção da cultura popular de diferentes regiões do país. A exposição pode ser vista às terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, e domingo de 10h as 15h30. A entrada é gratuita e a classificação livre. A exposição “Olhos do Papagaio”, que aborda as situações e experiências cotidianas de jovens que moram em uma das maiores e mais antigas favelas de Belo Horizonte, chega neste mês e vai até o fim de outubro. Terça, quarta, sexta e sábado, de 10h as 17h30, quinta-feira, de 10h as 21h30, e domingo, de 10h as 15h30. A classificação é livre e a entrada gratuita.

Em alusão ao aniversário de Independência de Moçambique, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal recebe, no dia 20 de junho, às 19h30, a realização de uma homenagem, feita pelo Instituto Cultural Casarão das Artes. Na ocasião, o instituto lançará a 12ª edição da Revista Canjerê, que é publicada pela instituição desde 2015. O evento será permeado por músicas moçambicanas, relatos históricos sobre o país e vídeos, que destacarão a riqueza da cultura moçambicana. Entrada gratuita.

Confira a programação completa dos espaços culturais do Circuito Liberdade clicando aqui.

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários