Cidades mineiras se preparam para celebrar a Semana Santa e receber turistas que buscam as celebrações religiosas

A tradição religiosa de Minas Gerais é um dos principais atrativos para turistas de todo o mundo e os municípios mineiros já se preparam para celebrar a Semana Santa, que, este ano, acontece de 09 a 16 de abril. Festejos religiosos tomam conta de todo o estado, estimulando ainda mais o turismo religioso. Além disso, a data pode ser uma boa alternativa para os turistas que desejam conhecer os atrativos turísticos mineiros.

Com o objetivo de apresentar as programações religiosas dos municípios de Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG) lança no sábado, 01 de abril, a campanha da Semana Santa 2017. Com o slogan “Viva a Semana Santa em Minas!”, os rituais se transformam em palco para importantes encenações.

De norte a sul do estado, as ruas ganham cores, simbolismos e personagens que fortalecem a tradição da Semana Santa. Os fiéis se unem em uma grande demonstração de fé, religiosidade e devoção, que tem início no Domingo de Ramos, data que recorda a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, e termina no Domingo de Páscoa, com a celebração da Ressurreição.

Na capital, a Semana Santa é celebrada pelas paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte. Já na Grande BH, o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, localizado em Caeté, é um dos roteiros mais procurados pelo turista religioso. A tranquilidade do lugar, situado a 1.700 metros acima do nível do mar, é propícia para momentos de reflexão e orações.

Pautados pela fé, em diversas cidades também há programações tradicionais representadas por espetáculos repletos de emoção. A encenação da paixão e morte de Cristo é apresentada por paróquias de vários municípios. “Considerado um dos principais atrativos turísticos de Minas Gerais, o turismo religioso movimenta o setor e atrai visitantes de todo o mundo. As celebrações da Semana Santa são um convite ao turista, tanto mineiro quanto de outras regiões, para conhecer as tradições religiosas do Estado”, diz o secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Ricardo Faria.

09
A confecção de tapetes de serragem é uma das atrações da Semana Santa nas cidades históricas de Minas Gerais.

Cidades históricas

Nas cidades históricas mineiras, a população sai às ruas para acompanhar a programação com procissão, cortejos, missas e teatros específicos para a data. Em Ouro Preto, a Semana Santa mobiliza toda a população e encanta quem passa pelos tapetes de flores e serragem estendidos pelas ruas da cidade, ligando as matrizes de Nossa Senhora do Pilar e Nossa Senhora da Conceição.

Na noite da quarta-feira santa é celebrado o Ofício das Trevas, de origem medieval. Na ocasião, apenas um candelabro ilumina o local e, ao final de cada salmo, uma vela é apagada. Na sexta-feira da Paixão, a procissão do enterro, marcada pelo silêncio, é considerada por muitos fiéis o momento mais bonito de toda representação bíblica. Já no domingo de Páscoa, os turistas e fiéis percorrem o caminho desenhado em tapetes coloridos, comemorando a ressureição de Cristo.

Vale ressaltar que o feriado é também uma oportunidade para conhecer a beleza da arquitetura barroca da cidade tricentenária, que atrai turistas nacionais e internacionais.

Em São João Del Rei, o destaque vai para os tapetes de serragem, confeccionados pelos fiéis para a passagem das procissões. A cidade onde os sinos falam é tomada pelo clima de religiosidade e conta, em sua programação, com diversas procissões, missas e encenações. O Descendimento da Cruz, que acontece na sexta-feira santa, é um dos momentos cênicos mais ricos e tradicionais, no qual é retratada a descida de Jesus da cruz, além do Canto da Verônica e o canto dos passinhos na procissão do enterro, todos em latim. A expectativa, segundo a prefeitura, é que a cidade receba, durante o feriadão, pelo menos 30 mil pessoas.

Itabira é outra cidade que possui tradição em celebrar a Semana Santa. Todos os anos, na região central, é confeccionado um tapete de serragem com simbolismos e referências religiosas no caminho de acesso à Catedral Nossa Senhora do Rosário – que durante toda a semana recebe missas relacionadas à celebração. A programação da Semana Santa no município ainda não foi divulgada.

*Com informações da Setur-MG.

LEIA MAIS

Comentários