“Chá”: novo videoclipe antecipa segundo EP de NETVNO

Com produção de Lourenço Rebetez, música caminha pela estética do R&B contemporâneo

Com muita elegância a NETVNO nos convida, aos embalos de “Chá”, novo single da banda, para os braços de um lugar completamente seguro, recomendado para aqueles momentos em que as questões do mundo exterior parecem pouco importantes e as internas complicadas demais para serem encaradas.

Nesse clima, a faixa produzida por Lourenço Rebetez chega acompanhada de clipe e antecipa o segundo EP dos artistas, “Três Noites no Azul”, previsto para sair no próximo dia 07 de dezembro. “Nossas referências estão, principalmente, na estética do R&B contemporâneo. Acho que podemos citar, como inspirações fundamentais, Daniel Caesar, Tom Misch, Bruno Major e H.E.R”, explica a vocalista Aglaia. É ela quem assina a composição da track.

Para a versão audiovisual, imagens de uma manhã incomum em que tudo parece meio fora do lugar, misterioso, surreal, etéreo e esfumaçado. É o percurso entre a cama e o chá, na cozinha, com uma série de surpresas. “Nos quadros das paredes, que compõem as cenas, rolam umas referências à “Viagem de Chihiro” e “Alice no País das Maravilhas”. Tem também, meio escondida, uma obra do René Magritte chamada “Le Fils de L’homme”, ou “O filho do Homem”, em português. A gente curte demais viajar nos detalhes. Eles ajudam a entender a nossa música e o que queremos dizer com ela”, explicam.

F01

A direção de Mateus Rigola, conhecido por trabalhos ao lado de Hungria Hip Hop, Pacificadores e outros nomes do funk, evidencia uma forte característica do grupo: a fluidez.

“Esse videoclipe e o EP que estamos nos preparando para estrear fazem parte de uma fase muito mágica. Estamos nos sentindo cada vez mais inspirados e criativos, conseguindo dar asas a um leque mais colorido de influências. Tivemos a felicidade de poder criar lembrando tanto do Caetano Veloso quanto do Anderson .Paak. Tanto da Céu quanto do Drake. O que nós queremos é isso mesmo… Novas canções, shows pra tocar, gente pra conhecer, lugares pra descobrir”, ressaltam.

“Chá” foi gravada no Cajueiro Áudio, em Campinas, São Paulo. A mixagem é de Thiago “Big” Rabello e a masterização do Felipe Tichauer, Red Traxx mastering.

Veja o clipe de “Chá”:

LEIA MAIS

Comentários