CCBB divulga a programação da semana de 8 a 14 de junho do #CCBBeducativoEmCasa

O Centro Cultural Banco do Brasil divulga a sua programação do #CCBBeducativoEmCasa até domingo, 14 de junho. O projeto é uma iniciativa 100% digital do Programa CCBB Educativo, que estimula a experiência, a criação e a reflexão por meio de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Com as atividades presenciais temporariamente suspensas em suas quatro unidades (Belo Horizonte – MG, Brasília – DF, Rio de Janeiro – RJ e São Paulo – SP) — o público acompanhará, no site www.ccbbeducativo.com e nas redes sociais dos CCBBs, programações inéditas com atividades digitais gratuitas, que podem ser experimentadas de dentro de casa e compartilhadas com toda a família. Confira, a seguir, a agenda da semana.

Destinado para as famílias, o projeto “Historietas”, que possibilita a criação colaborativa de enredos com jogos e desenhos, por meio de atividades desenvolvidas exclusivamente para o #CCBBeducativoEmCasa – como leitura de livros, animações e narrativas criativas – apresenta, na terça-feira, 9, o videoarte inédito Terra Vida, que traz uma abordagem poética de vários aspectos relacionados ao Planeta Terra partindo de temas como a mitologia de Gaia. A artista visual Lia Chaia vai explorar como a natureza vem sendo apropriada pelos padrões da cultura urbana.

Já no meio da semana, a programação trará destaques para o público adulto. Na quarta-feira, 10, Carolina Figueira, historiadora da alimentação, apresenta o “Questão de Gosto“, em mais uma edição do “Transversalidades”. O curso, também com tradução em Libras, refletirá sobre como, ao longo da história, os elementos culturais se constroem a partir de repertórios do ponto de vista alimentar. Nesse mesmo dia haverá o projeto “Em Libras”, com lições que abordam o vocabulário da Língua Brasileira de Sinais e propõe uma introdução aos sinais no campo semântico para todos os interessados – com pouco ou nenhum conhecimento – em aprender mais sobre a língua de sinais. Nesta edição, Rosely Lucas traz como tema “a casa”.

E que tal quebrar a rotina no meio da semana e visitar, sem sair de casa, uma exposição? Essa é a proposta para a quinta-feira, 11. O artista plástico Alexandre Mancini conduzirá os internautas por uma visita à exposição 100 anos de AthosBulcão, que expõe painéis de azulejo, gravuras, pinturas e figurinos do artista na capital mineira. A mostra, realizada originalmente em 2018, faz parte de mais uma edição do “Com a Palavra”. A atividade parte do #TBT Em Casa, que revisita exposições que promovem visitas mediadas às exposições do CCBB conduzidas por especialistas ou profissionais referências em temas diversos, com o intuito de apresentar, a partir de outros campos do conhecimento, múltiplos olhares e modos de conhecer e de se relacionar com a arte.

Com a aproximação do final de semana, é hora de programar novas atividades para entreter as crianças. Por isso, na sexta-feira, 12, a criançada tem diversão garantida com mais ação do “Lugar de Criação”: o dia será de criação de Fantoches! Os pequenos serão estimulados a confeccionarem esses falantes bonecos com materiais disponíveis em casa, como restos de tecidos e acessórios coloridos. A partir daí, é só dar asas à imaginação e criar aventuras e histórias lúdicas para brincar com quem está perto e, também, com quem está longe pelas redes sociais ou chamadas de vídeo.

No sábado, 13, haverá mais um “Historietas” inédito, dessa vez com a leitura do livro infantil “Família Mobília, de Tatiana Blass. A história narra a saga de uma família muito original, formada por móveis de uma residência. Nela, cada mobiliário apresenta sua personalidade além de brincar com situações familiares, como a TV que quer ser o centro das atenções; o sofá que vive cochilando; a estante que gosta de contar histórias e a paixão da mesa de jantar pela toalha de mesa. Depois dessa contação, que tal estimular as crianças a criarem suas próprias histórias com os móveis de casa?

Para encerrar essa semana, no domingo, 14, o Lugar de Criação propõe a divertida e desafiadora atividade “Mensagem Indecifrável”, onde os pequenos poderão criar um novo alfabeto utilizando os antigos textos egípcios. Vale utilizar lápis, papel e muita imaginação para formar cada letra ou palavra, escolher um símbolo, uma forma, um emoji ou mesmo um número.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do CCBB.

LEIA MAIS

Comentários