Catas Altas comemora 314 anos de fundação e 20 anos de emancipação. Confira a programação!

Situada aos pés da Serra do Caraça e resguardada pelo contraforte da serra do espinhaço, Catas Altas está completando na sexta-feira, dia 8 de dezembro, 314 anos de fundação e 20 anos de fundação.

A data é celebrada junto com o dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora Imaculada Conceição, e, desde o dia 29 de novembro, já está sendo realizada uma programação cultural e religiosa intensa, com novenas, barraquinhas e shows.

Na sexta-feira, feriado municipal, a programação começará cedo. Às 7h, haverá repique dos sinos. Às 8h, ofício de Nossa Senhora e, às 9h, será realizado batizado e consagração. Às 10h acontecerá uma carreata e, logo em seguida, almoço e rua de lazer para as crianças. À noite, será celebrada a missa com o tema “Maria, Nossa Mãe”.

Para fechar os festejos, às 21h, a banda católica Anjos de Resgate vai fazer um show na praça da Matriz, onde também estarão as barraquinhas.

Início das comemorações

No domingo, 3 de dezembro, aconteceu o 5º Encontro de Violeiros. Na quinta-feira, 7 de dezembro, às 21h, além da novena, será promovido show com o cantor Eros Biondini. As barraquinhas estarão localizadas na Praça Monsenhor Mendes, em frente à Matriz.

Emancipação

Em 2017, também está sendo comemorado os 20 anos de emancipação do município.

“Nossa cidade está em festa. É emocionante relembrar tantas histórias que marcam esses mais de 300 anos e ainda poder fazer parte da nova história de Catas Altas que começou a ser reescrita há 20 anos”, destaca o prefeito José Alves Parreira, que foi o primeiro presidente da Câmara do município.

Entre 1839 e 1995, Catas Altas pertenceu à Santa Bárbara. O então distrito foi criado com a denominação de Catas Altas do Mato Dentro, em 1891. Já em 1923, passou a se chamar apenas Catas Altas.

Em 21 de dezembro de 1995, emancipou-se e foi elevada à categoria de município pela lei estadual nº 12030 de 21/12/1995, desmembrado de Santa Bárbara. Em 1996, foi realizada a primeira eleição e, em 1997, teve início o primeiro governo da recém-criada cidade.

História

Tanta história teve início lá no final do século XVII, por volta de 1694, com a descoberta de ricas minas auríferas (mais tardes denominadas de Catas Altas) e a formação do povoado. Mais tarde, o historiador Salomão de Vasconcelos afirmou que quase nada se conhecia a respeito dos verdadeiros descobridores da região onde está localizado o município e sobre a fundação de Catas Altas. Mas, em anotações, atribui-se a Domingos Borges a fundação do arraial em 1703.

A história de Catas Altas, assim como de diversas cidades mineiras, está relacionada com o ciclo da mineração no século XVIII. O nome “Catas Altas” provém das profundas escavações que se faziam no alto dos morros. A palavra “catas” significa garimpo, escavação mais ou menos profunda, conforme a natureza do terreno para a mineração.

LEIA MAIS

Comentários