Campanha “Leitura na Praça”, do Rotaract Itabira, recolhe livros para comunidades locais

No mês em que o programa Rotaract completa 50 anos de atuação no mundo, o Rotaract Clube Itabira-Cauê, unidade itabirana do projeto, lança a campanha “Leitura na Praça”. O objetivo é arrecadar livros para as comunidades locais que têm pouco ou nenhum acesso à literatura e, com isso, promover e difundir o hábito de ler.

Parar arrecadar as obras, foram definidos 14 pontos de recolhimento nos bairros de Itabira: Centro, Caminho Novo, Areão e Água Fresca. Qualquer livro pode ser doado e arrecadação acontece até o dia 14 de abril.

“Nosso principal objetivo e fazer chegar as doações às comunidades com pouco acesso a livros e promover o incentivo à leitura. Então, se você tem aquele livro esquecido e empoeirado na sua estante, o que acha da ideia de contribuir para essa ação? Caso possa contribuir, deixe o livro em um de nossos pontos de coleta ou entre em contato conosco”, destaca publicação do Rotaract em uma rede social.

Pontos de coleta da campanha “Leitura na Praça”:

  • Fundação Itabirana Difusora do Ensino (Fide): Avenida Carlos Drummond de Andrade, 549, Centro;
  • Escola Estadual Trajano Procópio de Alvarenga (Premen): Rua José Basílio Caetano, 1, Água Fresca;
  • Sepro: Rua Ipoema, 349, Pará;
  • Escola Estadual Dona Eleonora: Avenida Rio Doce, 912, Areão;
  • Centro Educacional Oficina dos Sonhos: Rua Didi Andrade, 145, Santo Antônio;
  • Escola Municipal Major Lage: Rua Dr. Nelson Lima Guimarães, 21, Pará;
  • Colégio Tiradentes: Rua Espírito Santo, 133, Amazonas;
  • Up Time: Rua Mestre Emílio, 328, Pará;
  • Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi): Rua Venâncio Augusto Gomes, 50, Areão;
  • Escola Estadual Mestre Zeca Amâncio (EEMZA): Rua Irmãos D’Caux, 24, Esplanada da Estação;
  • Colégio Auge: Avenida Duque de Caxias, 24, Esplanada da Estação;
  • Colégio Nossa Senhora das Dores (CNSD): Rua Santana, 235, Penha.

Outras informações sobre a campanha “Leitura na Praça” ou sobre o Rotaract Clube Itabira-Cauê pelo telefone (31) 9 9241-7978.

50 anos propondo transformações sociais

Desenvolver a liderança por meio de projetos sociais e, assim, promover mudanças em suas comunidades. Essa é a proposta do Rotaract Club, que há 50 anos vem contribuindo para que seus jovens membros possam trabalhar empatia, senso de coletividade e ações de transformadoras. Um processo importante para que possam descobrir seus propósitos de vida e desenvolver as habilidades necessárias para o crescimento pessoal e a construção de um mundo mais inclusivo.

Em 13 de março de 1968, na Carolina do Norte, EUA, surgiu o primeiro Rotaract Club como uma iniciativa do Rotary Internacional. A sua proposta era dar oportunidade para que os jovens fizessem trabalhos voluntários. Passados 50 anos dessa iniciativa pioneira, o grupo já se encontra em 184 países. Somente no Brasil, existem 639 clubes distribuídos em 519 cidades — com cerca de 8 mil associados dedicados aos projetos sociais.

O programa é uma rede global aberta para jovens de 18 a 30 anos e que tem a missão de desenvolver líderes transformadores. Esse processo parte do desenvolvimento de projetos, ações e intervenções que possam contribuir para a melhoria e o desenvolvimento de uma comunidade. Todo o trabalho precisa ser desenvolvido de maneira voluntária.

Para celebrar os 50 anos de fundação do Rotaract Club, os rotaractianos de todo o mundo fazem um convite à comunidade para transformar a sua realidade. Em Itabira, os jovens associados ao Rotaract Clube de Itabira-Cauê vão se mobilizar durante esta semana para apresentar o trabalho do programa que vem sendo desenvolvido na cidade, destacando a importância da empatia entre as pessoas no processo de construção de uma comunidade melhor.

LEIA MAIS

Comentários