Bombeiros reforçam ações preventivas no Carnaval com dicas de segurança

Iniciativas simples podem evitar acidentes e garantir a segurança de todos que participam do Carnaval em Minas Gerais. Um dos grandes responsáveis pelo aumento das ocorrências e acidentes é o comportamento do folião. Por isso o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais dá dicas de segurança para que todos aproveitem a folia tranquilamente.

O tenente do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Fabrício Rocha Xavier, da Diretoria de Atividades Técnicas, orienta os foliões que participam de shows, blocos e trios elétricos. “É importante manter distância segura do palco e do veículo do trio elétrico para não correr o risco de atropelamento, alerta”.  De acordo com uma Instrução Técnica do Corpo de Bombeiros, o ideal seria que os foliões ficassem pelo menos dois metros de distância do caminhão.

Ainda de acordo com as instruções, o folião precisa estar atento para não cair ou trombar em obstáculos, como galhos de árvores, placas de sinalização e localização. Os trios devem ter uma barreira de proteção de 92 cm para evitar queda das pessoas de cima dos veículos.

Se houver algum tumulto, a orientação do militar é que a pessoa se afaste da aglomeração imediatamente. “Em caso de queda ou atropelamento de alguém, é importante manter a vítima no local e acionar o socorro”, diz o tenente Xavier.

Neste ano, a capital mineira prevê reunir cerca de 1,6 milhão de pessoas. Do público esperado para 2016, a expectativa da Belotur – órgão municipal de turismo – é que 1,3 milhão de foliões participem dos desfiles dos blocos carnavalescos.

Fogos de artifício
O uso de fogos de artifício e serpentinas metálicas é também outro grande risco desse período. Os fogos são responsáveis por queimaduras e lesões graves e, no caso das serpentinas, o contato desses objetos com a rede elétrica pode provocar curto circuito. As serpentinas metálicas, inclusive, tiveram sua comercialização, distribuição e utilização proibidas desde 2012  (Lei Estadual 20374, DE 09/08/2012).

Para os foliões que vão brincar o Carnaval em locais fechados, veja abaixo o infográfico com as dicas dos Bombeiros:

content_dicas_bombeiros-01

As crianças também devem ser mantidas por perto. “É importante o responsável colocar na criança algum tipo de acessório com identificação”, recomenda o tenente. Em caso de a criança se perder, esse acessório com as informações pessoais facilita a localização dos pais. Ao encontrar uma criança perdida, ela deve ser levada até um agente público de segurança. Se perder uma criança, procure-a na delegacia mais próxima.

A última recomendação do militar é não ingerir bebida alcoólica se for dirigir.  Em caso de emergências a população pode  acionar o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais pelo 193, o Samu pelo 192 e a Policia Militar pelo telefone 190.

*Com informações da Agência Minas.

Comentários