Bernardo do Espinhaço inova e lança clipe de #BoraLá no Instagram Stories

Inovador, o curta teve colaboração de centenas de fãs ao redor do mundo

Autoridade na Música Popular da Montanha, Bernardo do Espinhaço lançou na sexta-feira, 15 de junho, o clipe de  #BoraLá, single pertencente a “Tardhi”, terceiro disco de sua trilogia que trata do estilo de vida como montanhista.

Inusitado é o que caracteriza a produção. O inédito clipe foi feito e publicado no Instagram Stories com a colaboração de mais de 100 fãs espalhados ao redor do mundo, o que torna a produção pioneira neste novo conceito.

Acompanhamos centenas de usuários cantando #BoraLá em diferentes cenários ao redor do mundo: Europa, África, Peru e muitas cidades brasileiras.

A sonoridade da faixa é característica de Bernardo. O ukelele dita o tom e uma guitarra em slide e acordeon ornam a melodia. Com batida suave e animada ao mesmo tempo, a letra ainda proporciona uma mensagem reflexiva a quem quer que a escute. “Não vou pensar, BoraLá/Deixar a vida andar/O que é pra ser não enfrento/Seja o que Deus quiser/Aceito o que vier/Não levo jeito pra lamento (…)”

Sobre Bernardo do Espinhaço

Bernardo do Espinhaço define-se não como músico exatamente, mas como “um lobo guará que escreve livros musicais sobre sua vivência na montanha”. É uma alma rebelde, mas não por desajuste, e sim pela liberdade.

A música do artista multi-instrumentista enaltece a vida de montanhista que leva – não à toa ganhou a alcunha de cantor dos montanhistas/mochileiros –, em odes à liberdade do vento sobre arranjos tão belos quanto intricados. No trabalho ele toca violão, acordeon, piano e flauta, e o enriquece com viola caipira, ukelele e o que mais couber na canção.

Seus dois discos anteriores, “O Alumbramento de um Guará Negro em uma Noite Escura” e “Manhã Sã” ficaram em diversas votações especializadas entre os melhores trabalhos de seus respectivos anos de lançamento.  Até o momento “Tardhi”, seu mais recente trabalho, é o disco mais pop.

LEIA MAIS

Comentários