Bateria Calangodum, da Unifei, agita o sábado em Itabira

Que rufem os tambores! No sábado, 01 de abril, a bateria Calangodum, composta por alunos da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – campus Itabira, promete agitar o final de semana do itabirano. O evento, que acontece a partir das 16h no bairro Amazonas, contará também com diversos artistas parceiros do grupo. Os ingressos de primeiro lote já estão à venda e custam R$ 25.

Essa é a primeira festa promovida pela Calagodum, que já participou de outros eventos na cidade – como as ocupações do Coletivo Altamente. Para celebrar o momento, o grupo convidou para compor line up as bandas Los Muambas (composta por integrante do Rivotrio e 3 no Samba) e Groove Minas, além dos músicos Fernando Martins “Cotonete”, Isabel Veloso e João Victor. O instrumentista Juninho Ibituruna também participa do encontro, mas dessa vez no comando das pickups.

“É a nossa primeira festa particular, em que tocaremos com músicos e amigos que tiveram certa parcela de influência nesse nosso breve tempo de existência. É um momento de celebrar e finalizar um ciclo de grandes aprendizados”, conta Felippe Moura, um dos integrantes da Calangodum.

03

O evento, chamado “Calangodum Convida”, tem como objetivo unir músicos de Itabira que contribuíram para o desenvolvimento da bateria universitária – sobretudo com troca de experiências e abrindo portas para que o grupo pudesse mostrar o seu trabalho. Além disso, é uma forma de arrecadar dinheiro para a manutenção da Calagodum, que também participa de competições universitárias. Os recursos são revertidos para a compra, reforma e manutenção dos instrumentos.

“É um evento que tem samba e rock no mesmo palco, discotecagem de world music e um batuque forte com muito swing, axé e energia positiva. Já enfrentamos e quebramos paradigmas por sermos uma bateria dentro de uma faculdade de engenharia, onde muitos acham que não existe arte e cultura. O que a gente vê aqui é justamente o contrário, temos muitos músicos bons dentro da Universidade. Acreditamos que essa diversidade faz parte da nossa identidade, o que se reflete no nosso evento”, destaca Felippe Moura.

A promoção dessa festa é, também, uma forma de contribuir com o desenvolvimento da cena cultural de Itabira, ambiente na qual a Unifei se enquadra. Atualmente, a cidade conta com um movimento artístico independente que vem ganhando força a partir de iniciativas como essa, promovida pela Calangodum.

História

A ideia de criar uma bateria na Unifei – Itabira partiu de dois estudantes, Felippe Moura e Victor Miranda, que pretendiam participar das competições universitárias. O grupo começou a se formar no primeiro semestre de 2015, quando foi organizada um rifa com objetivo de levantar recursos para comprar os primeiros instrumentos musicais. A iniciativa foi abraçada por empresa da cidade – parte importante no fomento à cultura –, como I’çaí, Fortis Urban Shop, Supermercado Liberato, Supermercado Caminho Novo, Sanduixin, Apricci, Subway, Padaria São João, Atelier Lanches e Oficina do Pão. Eles forneceram os brindes para a rifa que contribuiu para que os estudantes dessem início aos batuques.

01

A Calangodum é uma organização independente e mantida voluntariamente pelos integrantes do grupo. O projeto conta com o apoio do núcleo de extensão da Unifei. Além das apresentações e competições, eles também oferecem oficinas para escolas públicas, como o Premem, e instituições como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

“Nós somos um grupo de alunos focados em aprender ritmos e expressões populares da música. Somos uma organização independente, levantamos nossos recursos por conta própria. Reunimos alunos interessados em aprender esses ritmos e repassamos o que aprendemos por meio de oficinas e ensaios diários que acontecem na Unifei. Também temos uma proposta de levar isso para cidade por meio dos nossos projetos sociais. O objetivo da Calangodum é utilizar da música como uma ferramenta de união entre o desenvolvimento social e cultural dos estudantes da Unifei e comunidade itabirana”, explica Felippe Moura.

O grupo, com a festa “Calangodum Convida”, celebra o fim de um ciclo de aprendizado ao mesmo tempo em que se prepara para novos desafios. No planejamento estão a realização de mais shows e participação em competições.

SERVIÇO

Calagodum Convida
Shows com bateria Calagodum, Los Muambas (composta por integrante do Rivotrio e 3 no Samba), 3 no Samba e Groove Minas. Participação dos músicos Fernando Cotonete, Isabel Veloso e João Victor. Discotecagem com Juninho Ibituruna.
Data e horário: sábado, 01 de abril, das 16h às 22h30
Local: Avenida Central, 196, Bairro Amazonas, Itabira, Minas Gerais
Ingressos: R$ 25 (1º lote)

LEIA MAIS

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.