Bailarinos nascidos na Maré, no Rio de Janeiro, conseguem vaga em escola de dança na Bélgica

Marllon Araújo, de 23 anos, e Luyd de Souza Carvalho, 22, moradores do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, foram selecionados para o quadro de alunos da P.A.R.T.S., uma escola de Bruxelas, na Bélgica, reconhecida mundialmente como referência no ensino de dança contemporânea. Eles foram selecionados para ocupar duas das 45 vagas disponíveis entre 1.196 outros candidatos.

Vale destacar que essa conquista vai além de uma boa oportunidade de aprender novas técnicas. Eles contaram em entrevistas que viver de dança virou o sonho. Por isso, se prepararam tanto como pessoas como bailarinos, para poder fazer a audição.

Eles irão participar do programa de formação de três anos, receberão um diploma internacionalmente reconhecido em bacharelado de dança e irão acumular mais experiência tanto na dança como em outras línguas. Além dessa oportunidade de estudo no exterior, outra coisa une a vida de Marllon e Luyd: o Centro de Artes da Maré.

O Centro de Artes se transformou em uma máquina de construir novas possibilidades já que leva aos jovens do Complexo uma grande quantidade de informações relevantes sobre cultura. Por isso, eles também tem o objetivo de voltar ao Brasil, depois de concluir os estudos na Bélgica, com uma formação que possa ser usada para perpetuar o trabalho do Centro de Artes.

LEIA MAIS

Comentários