Agora Residente Sesc, Orquestra Ouro Preto anuncia novidades para 2018

Neste ano, a Orquestra Ouro Preto chega à sua maioridade: são 18 anos aproximando o público brasileiro da música clássica e erudita. Para comemorar esta data especial, o grupo — que conta com direção artística e regência titular do Maestro Rodrigo Toffolo —, se tornou Residente Sesc e passa contar com um espaço para ensaios, experimentações e realização de atividades formativas durante o ano de 2018. A primeira apresentação já está agendada: o concerto “Orquestra Ouro Preto — The Beatles Volume 2” acontece no domingo, 18 de março, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A apresentação faz parte da Série Domingos Clássicos no Sesc Minas e as entradas custam R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 8 (para trabalhadores de bens, serviços e turismo).

As novidades não param por aí. A programação de apresentações para o ano já está definida e traz uma grande variedade de concertos. No dia 8 de abril, às 18h, o Palladium recebe o espetáculo “Valencianas”, em que a Orquestra e Alceu Valença apresentam as obras do cantor pernambucano com arranjos próprios para concertos. Em 13 de maio, acontece o “CLP — Comunidade de Língua Portuguesa”, que tem como objetivo promover um diálogo entre os acervos musicais dos países de língua portuguesa.

No mês junho é a vez do lançamento de mais um DVD, intitulado “Música para Cinema” — este será o sétimo registro em vídeo do grupo, que também já gravou dez CDs. Nesse trabalho, a Orquestra Ouro Preto presta homenagem à sétima arte por meio de uma seleção musical que contempla trilhas sonoras de filmes clássicos nacionais e internacionais. No mês seguinte, em julho, o grupo orquestral busca inspiração na Copa do Mundo de Futebol para trazer a apresentação “A Rússia e o Brasil — A Música de Tchaikovsky e Villa-Lobos”. O espetáculo será no dia 8.

Dando continuidade ao calendário, agosto será reservado para o show “Ressurreição — Chico Mário 70 Anos”, que faz uma homenagem ao músico mineiro por meio de uma viagem histórico-musical: começando no descobrimento e passando pela chegada da família real, pela origem do samba e da bossa nova, pelas ditaduras na América Latina e culminando nas Diretas Já!. Em setembro, acontece o espetáculo “Quem Perguntou por Mim: Orquestra Ouro Preto e Fernando Brant”, que promete uma mistura única de música e poesia em uma grande homenagem à Minas Gerais.

Outubro é o mês das crianças e os pequenos não foram esquecidos. Escrito pelo Maestro Rodrigo Taffolo, a apresentação especial terá inspiração no livro “O Pequeno Príncipe” e fará um diálogo entre música e teatro. Em novembro, o cinema volta a ser destacado. Desta vez, o filme “O Circo de Charles Chaplin” será exibido e terá a Orquestra Ouro Preto interpretando simultaneamente a trilha sonora ao vivo. Uma experiência única!

As atividade do ano serão encerradas com o concerto “Especial de Natal”, a ser exibido em dezembro.

Outras ações

Não apenas de apresentações consiste a parceria entre a Orquestra Ouro Preto e o Sesc-MG. Atividades de formação de público e desenvolvimento de grupos musicais também estão previstos. A agenda já conta com o projeto “Fala, Maestro!”, que consiste em 30 minutos de bate-papo com Rodrigo Toffolo antes de cada concerto. Com isso, o público pode conhecer um pouco mais do universo da música clássica ao mesmo tempo em que tira suas dúvidas e curiosidades.

Oficinas de formação de bandas também podem acontecer como forma de estimular novas iniciativas musicais. Esse processo pode culminar, inclusive, em um intercâmbio com a Orquestra Sesc, que tem esse caráter formador. Além disso, a grupo ouro-pretano trabalha na criação do Prêmio Orquestra Ouro Preto, que pretende levar jovens músicos para uma imersão no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí “Dr. Carlos de Campos”, um dos principais do país. A ideia é que esses artistas contribuam para o desenvolvimento de bandas e projetos musicais.

Saindo dos palcos, a Orquestra Ouro Preto também inova ao lançar a cerveja “Orquestra Ouro Preto”. A iniciativa é uma forma de levar o grupo orquestral a lugares que normalmente não chegaria e, assim, se aproximar ainda mais do público. A produção é uma homenagem da cervejaria Vinil.

SERVIÇO

Orquestra Ouro Preto — The Beatles Volume 2
Data e horário: domingo, 18 de março, às 18h
Local: Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, Centro, Belo Horizonte, Minas Gerais)
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 8 (para trabalhadores de bens, serviços e turismo)

LEIA MAIS

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.