A Banda Cáustica e sua nova atmosfera

Em meados de 2010, surgiu a banda Cáustica que contava em sua formação com Brenda Mars, Pâmilla Vilas-Boas e Polly Alves. O grupo gravou o seu primeiro EP, “Musas e Medusas”, em 2011 no Centro Cultural Nem Secos. Agora, com seis anos de estrada, a banda mineira conta com nova formação: Bárbara Lopes (voz e percussão), Brenda Mars (bateria e voz), Débora Coimbra (baixo e voz) e Rafhael Braga (guitarra e voz).

A Cáustica levanta em seu trabalho algumas bandeiras sociais, como o feminismo, que é uma das marcas da banda. “Além do feminismo, que sempre foi uma bandeira que levantamos, lutamos contra a desigualdade e mostramos também que nossa causa é questão de atitude e não gênero”, afirma Brenda Mars.

Em 2014, a entrada de Bárbara Lopes, que também é vocalista da banda Chiqueiro Elétrico, nos vocais trouxe nova energia para o grupo e, em 2015, a Cáustica ganhou o “Prêmio Mineiro de Música Independente”.

01
Com seis anos de estrada, banda Cáustica está com nova formação.

Com vozes exclusivamente representadas por mulheres, atualmente a banda feminista tem uma peculiaridade que muitas vezes gera polêmica nos grupos que se dedicam a esse tema: a utilização de um homem na formação. “O Rafhael Braga entrou este ano para a banda, mas já fez algumas participações antes no ‘Belô Poético’ e ‘Psiu Poético’, dois eventos que mesclam poesia e música. Esta questão de gênero é muito mais uma questão de identidade, sabe? Ele se identifica com o nosso universo tanto artístico quando ideológico e levanta a bandeira do feminismo como a gente e, principalmente, da liberdade feminina. Tem somado muito ao trabalho musicalmente e na irmandade cáustica”, pondera Brenda Mars.

Todos os integrantes desta nova formação são compositores e músicos com flexibilidade em outras manifestações artísticas, como poesia e artes visuais. As novas músicas, fruto dessa nova formação, já têm sido construídas juntas.

A nova formação da Cáustica se apresentou pela primeira vez na quinta-feira, 29 de setembro, na Casa dos Jornalistas na #Ocupa180, que é um projeto de resistência artística. O grupo volta aos palcos no dia 29 de outubro, quando convidam a banda A Sombra para apresentação no Teatro Raúl Belém.

Confira o clipe da música “Nada de Cor” da banda Cáustica

Conheça mais sobre a banda Cáustica

LEIA MAIS

Comentários

Músico, compositor e cachaceiro. Estudante e professor de música.