300 Anos de Minas Gerais é comemorado em especiais na Rede Minas: série de reportagens e programa apresentam a história e a riqueza do estado

A capitania de Minas Gerais surgiu em 1720. Um estado forte, que se consolidou no século XVIII devido à corrida do ouro, hoje acumula riquezas diferentes, que estão nos minerais, nas paisagens e na cultura. O Jornal Minas relembra a história e apresenta os símbolos, tradições e arte mineira em série especial, com três reportagens, a partir de quarta-feira, 2 de dezembro.

No primeiro episódio, a equipe da Rede Minas foi até o Arquivo Público Mineiro, onde encontrou documentos, cartas e mapas que mostram o nascimento de Minas Gerais. Historiadores foram ouvidos e falam sobre a busca pelo ouro e a guerra dos emboabas, que resultou na criação do estado. A reportagem ainda traz curiosidades, como o trabalho de conservação do material que preserva a memória de Minas.

Os objetos e as tradições que fazem parte do cotidiano dos mineiros são o tema da reportagem de quinta-feira, 3 de dezembro. A matéria mostra os símbolos que resistem em muitas casas, como a caneca esmaltada de café e o fogão à lenha, e aqueles que ainda permanecem vivos nas cidades, como os sinos e os estandartes. Para encerrar a série, o Jornal Minas traz, na sexta-feira, 4 de dezembro, uma matéria sobre as manifestações artísticas mineiras e obras como as de Aleijadinho, que fazem parte do legado estético e cultural da humanidade.

A série “Minas 300 anos” é exibida entre os dias 2 e 4 de dezembro, na primeira e segunda edição do Jornal Minas, da Rede Minas, às 12h30 e 19h30. O público também pode acompanhar a atração, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv.

Brasil das Gerais

O Brasil das Gerais exibe, durante toda a semana, programas especiais em comemoração ao aniversário de Minas. Na terça-feira, 1º de dezembro, tem bate-papo sobre comportamento, hábitos e até o ‘mineirês’ com o historiador e o diretor do Centro de Estudos Mineiros da UFMG, José Newton Meneses, e o mestre em psicologia social, Milton Bicalho. Na quarta-feira, 2 de dezembro, a gastronomia mineira é quem dita a história na atração com os chefs Rosilene Campolina e Edson Puiati.

Na quinta-feira, 3 de dezembro, os atrativos de Minas são tema de uma conversa com a historiadora Júlia Calvo e a presidente do Iepha Michele Arroyo. Na sexta-feira, 4 de dezembro, o jornalista e folclorista Carlos Felipe Horta e o sociólogo José Moreira de Souza falam sobre as grandes personalidades e as lendas mineiras.

O Brasil das Gerais “Minas 300 anos” vai ao ar durante toda semana até o dia 4 de dezembro, sempre às 17h30, pela Rede Minas. O público também pode conferir o programa, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv.

SERVIÇO

Jornal Minas 1ª e 2ª Edições – Série especial “Minas 300 anos” -– às 12h30 e às 19h30

  • quarta-feira, 2 de dezembro: História e Criação da Capitania de Minas Gerais
  • quinta-feira, 3 de dezembro: Objetos e Tradições Mineiras
  • sexta-feira, 4 de dezembro: Arte Mineira

Brasil das Gerais – Semana especial “Minas 300 anos” – às 17h30

  • terça-feira, 1º de dezembro: Família, Tradição e Comportamento/’Jeitim’ Mineiro
  • quarta-feira, 2 de dezembro: Conhecendo Minas pela Comida/’Cafezim’ com Pão de Queijo
  • quinta-feira, 3 de dezembro: Relíquias Mineiras/Coisa Nossa
  • sexta-feira, 4 de dezembro: Personagens e Lendas Mineiros/Gente da Gente

LEIA MAIS

Comentários