PORTUGUÊS: revisão sobre a utilização da língua portuguesa – Parte 5

Prezado leitor, nossa revisão sobre a utilização da língua portuguesa está bombando. Então, como em time que está ganhando não se mexe, vamos continuar revendo a utilização da língua portuguesa?

HAVIA ou HAVIAM? – um verbo que sempre deixa a maioria das pessoas com dúvidas é o verbo HAVER. É muito comum ouvirmos frases como: “HAVIAM dez pessoas na sala”; “HOUVERAM muitas demissões na empresa”… Sabe o que tem de errado nessas duas frases? O uso de HAVIAM e HOUVERAM no plural.

O verbo HAVER, no sentido de “existir, acontecer” ou quando indica tempo transcorrido é impessoal. Isso significa que ele deve ficar fixo na terceira pessoa do singular. Portanto, diga e escreva: “HAVIA dez pessoas na sala”; “HOUVE muitas demissões na empresa”.

Observe mais exemplos: “HÁ dois dias não vejo Pedro”; “HAVIA três gatos no quintal”.

Atenção: os verbos EXISTIR e ACONTECER/OCORRER NÃO são IMPESSOAIS. Eles concordam com o sujeito da oração: “EXISTIAM TRÊS GATOS no quintal”;
“EXISTIAM dez pessoas na sala”; “OCORRERAM fatos estranhos ontem à noite”.

Assim sendo, tome alguns cuidados: “HÁ ou EXISTEM muitos problemas para serem resolvidos”; “HOUVE ou ACONTECERAM alguns acidentes nesta esquina”;
“DEVE HAVER ou DEVEM EXISTIR muitos problemas”; “VAI HAVER ou VÃO EXISTIR dúvidas”; “PODE HAVER ou PODEM ACONTECER acidentes”.

PARTICÍPIO e VERBOS ABUNDANTES – você já ouviu falar de VERBOS ABUNDANTES? São os que têm mais de uma forma no particípio: o REGULAR (com desinências -ADO e -IDO) e o IRREGULAR. Por exemplo: o PARTICÍPIO REGULAR dos verbos LIMPAR e IMPRIMIR é, respectivamente, LIMPADO e IMPRIMIDO. Já o PARTICÍPIO IRREGULAR é LIMPO e IMPRESSO.

Mas quando usar um ou outro? Isso vai depender do VERBO AUXILIAR:
1ª) Com TER e HAVER, usamos o PARTICÍPIO REGULAR. Então, dizemos: “Ana já TINHA (ou HAVIA) LIMPADO a sala”; “Eu TINHA (ou HAVIA) IMPRIMIDO o texto todo”.

2ª) Com os verbos SER e ESTAR, usamos o PARTICÍPIO IRREGULAR: “A sala FOI LIMPA por Ana”; “O texto ESTAVA IMPRESSO na casa dele”.

VERBOS PRIMITIVOS E DERIVADOS – se você souber conjugar os verbos primitivos (ter, ver, vir, pôr…), você saberá conjugar seus derivados: deter, rever, provir e repor, entre outros.

Observe:
– Eu PONHO / Eu REPONHO os alimentos na prateleira.
– Eu TENHO poder / Eu DETENHO o poder.
– Eu VEJO e REVEJO os documentos.
– Eu VENHO de longe /Eu PROVENHO do Bahia.

Até a próxima semana!

Fonte: dicas do professor Sérgio Nogueira

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “PORTUGUÊS”

Comentários

Celso Charneca Leopoldino é graduado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, pós-graduação em Marketing para Executivos e MBA em Gestão Socioambiental. Fez vários cursos nas áreas de gestão social e de gestão de comunicação estratégica. Possui mais de 35 anos de experiência em comunicação empresarial, gestão social, relações com comunidades e relações institucionais.