PORTUGUÊS: Erros, curiosidades e dicas – Parte 1

Prezado leitor, como foi seu fim de semana, tudo certo? Pois bem, a partir desta coluna, apontaremos erros e curiosidades sobre a língua portuguesa e as formas de você não errar mais ao empregar o idioma pátrio.

Vamos começar perguntando: sabe qual o erro de português em: times classificam para série A? Qual o jeito certo de utilizar o verbo classificar? Os campeonatos de futebol pelo Brasil são sempre recheados de muitas emoções. Com isso, diversas manchetes fazem-nos refletir sobre a nossa Língua Portuguesa. Vejamos esta:

  • “Após seis anos, Ceará, Inter, América e Paraná classificam para a Série A.”

Em relação ao verbo “classificar”, quando o agente for o time, a equipe, há a necessidade do uso pronominal:

  • “Após seis anos, Ceará, Inter, América e Paraná classificam-se para a Série A.”

No entanto, quando o time não for o agente, é correta a transitividade direta, com o sentido de “aprovar, ser aprovado, preencher as condições preestabelecidas para a aprovação”:

  • “Neste ano, o Brasileirão classificará diversos time à Copa Libertadores.”
  • “O torneio classificou dez times.”
  • “Os jogos eliminatórios classificaram times de todo o mundo.”

Verbos que exigem o pronome em sua conjugação são chamados de pronominais; são conjugados juntamente com um pronome oblíquo átono (me, te, se, nos, vos). É o caso de “arrepender-se”, “abster-se”, “esvaziar-se”, “queixar-se” e tantos outros:

  • “O árbitro arrependeu-se (e não arrependeu) da anulação do gol.”
  • “Toda a diretoria absteve-se (e não absteve) da entrevista.”
  • “O estádio esvaziou-se (e não esvaziou) por causa da violência.”
  • “A federação queixava-se (e não queixava) da ausência de patrocínio.”

Você sabia?

Pelada é o nome dado a partidas amadoras e improvisadas de futebol. De acordo com o dicionário Houaiss, “pelada” provém de “pela” (som do E aberto), que significa bola de borracha.

Antes do Novo Acordo Ortográfico, o termo “pela”, nesse mesmo sentido de bola, tinha a forma “péla”, com o acento diferencial agudo. A extinção de tal sinal deve-se ao princípio dos paroxítonos, já que vocábulos com a tonicidade na penúltima sílaba finalizados em a(s), e(s), o(s), em, ens não devem ser acentuados graficamente.

Até a próxima semana!

Fonte: Dicas do professor de Língua Portuguesa Diogo Arrais

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “PORTUGUÊS”

Comentários