POLÍTICA: Uma lista de séries para conhecer os “bastidores do poder”

As discussões políticas tiveram bastante espaço durante o ano de 2015, seja em uma mesa de boteco, no bate-papo com os amigos ou nos debates nas redes sociais. Porém, os temas políticos já dominam há algum tempo os roteiros de filmes e séries. A quantidade de bons títulos sobre o tema impressiona e oferece muito material de qualidade para quem gosta de política ou que se interessa pelo tema.

Diante do grande número de opções, separamos neste artigo alguns seriados que têm a política como tema central – e tem de tudo: questões sobre governança, administração pública, bastidores da rotina política e história. São títulos que prometem prender a atenção do telespectador e reforçar ainda mais o interesse sobre a política.

Não me arrisquei a fazer uma seleção dos melhores seriados e deixo essa definição a cargo de você, leitor. Os títulos separados aqui estão em ordem alfabética, mas garanto que vale a pena conferir cada um deles. Então, prepare a pipoca e aperte o play!

Agosto
Produzida em 1993 pela Rede Globo, “Agosto” conta, ao longo dos seus 16 capítulos, os acontecimentos que culminaram com o suicídio do então presidente Getúlio Vargas, em agosto de 1954. A trama, escrita por Jorge Furtado e Giba Assis Brasil, é inspirada no romance homônimo de Rubem Fonseca.

House of Cards
A série é uma produção original do canal online Netflix e estreou em 2013 sob a direção de David Fincher. A trama conta a história do congressista Frank Underwood (Kevin Spacey) e sua inescrupulosa busca por poder. O drama conta com um roteiro inteligente que traz diversos elementos da estrutura política dos EUA – está tudo lá: negociatas entre políticos, relação com a imprensa, influência que o lobby das empresas privadas tem em decisões importantes, entre outros assuntos. Não é a toa que a série é sucesso de público e crítica. A quarta temporada da série será lançada em 2016.

JK
A política brasileira foi tema de algumas séries produzidas pela Globo. Em 2006 foi a vez da história do ex-presidente Juscelino Kubitschek ganhar as telinhas. Foram 46 capítulos retratando a vida pública e particular do homem prefeito de Belo Horizonte, governador de Minas Gerais e presidente do Brasil.

Scandal
Kerry Washington dá vida a Olivia Pope, uma ex-funcionária da Casa Branca que cria a Pope & Associates, uma empresa de gestão de crises especialista em lidar com situações complicadas e, assim, evitar que os escândalos envolvendo os seus clientes venham à tona. A série é inspirada em Judy Smith, considerada uma das principais consultoras de imagem dos EUA. Lançada em 2012, a trama está na sua quarta temporada.

The West Wing
Exibida entre 1999 e 2006, a série mostra o dia a dia de Josiah Bartlet (Martin Sheen), presidente dos EUA, e da sua equipe. O seriado, escrito pelo roteirista Aaron Sorkin, deu novo rumo para as produções televisivas que tem política como ponto central do roteiro. The West Wing ganhou 89 prêmios durante as suas sete temporadas – somente a primeira temporada angariou nove Emmys. No Brasil ficou conhecida como “Nos Bastidores do Poder”.

Veep
Nem só de drama vivem as séries políticas. Veep é um bom exemplo disso. Uma comédia que conta a história de Selina Meyer (Julia Louis-Dreyfus), vice-presidente dos EUA, que precisa lidar com as complicações da vida pública e do cargo que exerce. Julia Louis-Dreyfus faturou três Emmys consecutivos de melhor atriz em série de comédia por Veep. A quinta temporada da série estreia em 2016.

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.