GASTRONOMIA: Meu pretinho básico

Hoje, dia 24 de maio, comemoramos o Dia Nacional do Café. Incorporada ao calendário brasileiro de eventos por sugestão da ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café), a data é comemorada desde 2005 e simboliza o início da colheita em grande parte das regiões cafeeiras. O Brasil é o segundo maior consumidor de café, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Em 2012/2013 tivemos um consumo per capta recorde chegando a 4,98kg por habitante/ano (creio eu que consumo mais do que isso fácil, fácil).

Passado esse meu momento Wikipédia, preciso mais uma vez registrar minha paixão por esse pretinho nada básico. Eu não consigo imaginar minha vida sem café – coado puro e simples no coador de pano ou expresso, com espuma de leite, canela, doce de leite e suas mais variadas combinações, quente ou gelado, na xícara ou no copo lagoinha… minha vida simplesmente não funciona sem café.

Eu tomo café à noite sem nenhuma preocupação com a insônia e não consigo sequer dar bom dia antes de uma golada de café bem quente para acordar a alma. Eu poderia passar horas aqui descrevendo minha relação amorosa com o café, mas vamos ao que interessa: comida! Afinal, é para isso que estamos aqui semanalmente.

Tá, mas café na comida? Sim, e digo mais, por que não?

Hoje eu reuni duas paixões na mesma receita, dois pretinhos pelos quais carrego imenso amor: o chocolate e o café. Aproveitei a data para celebrar essa combinação que faz minhas papilas gustativas irem ao delírio.

Conheço gente que não gosta de café, mas desconheço quem recuse um chocolate e essa receita derrubará tabus, fazendo os coleguinhas que torcem o nariz para as maravilhas do café caírem de joelhos diante do bolo que apresento hoje.

É, hoje não tem modéstia, a receita ficou fantástica e superou todas as minhas expectativas no momento “criatura e criador”. Nunca imaginei que uma receita de domingo me deixaria tão feliz em seu resultado final. Crítica que sou, tive que admitir não encontrar defeitos nela.

Muito papo, tudo muito interessante, mas e a receita?

A receita de hoje é um bolo fofo, macio e molhadinho de chocolate com café, recheado e coberto por um brigadeiro super cremoso feito com cappuccino. Ficou com água na boca?!

Então anota aí!

Ingredientes da massa

  • 04 ovos
  • 150 ml de óleo
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 200 ml de café coado forte e quente
  • 5 colheres de sopa de chocolate em pó ou 3 colheres de sopa de cacau em pó (não recomendo usar achocolatado, não fica igual)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de sal

Modo de preparo

Na batedeira bater os ovos, o óleo e o açúcar até formar um creme claro. Acrescentar a farinha de trigo, o chocolate, o sal, o fermento e o bicarbonato. Em velocidade média acrescente o café coado ainda quente e deixe até ficar uma mistura lisa e homogênea. Unte e enfarinhe uma forma de fundo fácil (fica mais fácil desenformar), despeje a massa e leve ao forno por mais ou menos 40 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.

Enquanto o bolo assa vamos à cobertura/recheio.

Ingredientes

  • 2 caixas de creme de leite
  • 1 lata/caixa de leite condensado
  • 5 colheres de sopa de chocolate em pó ou 3 colheres de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de pó para cappuccino

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes em uma panela e levar ao fogo baixo até ponto de brigadeiro mole. Reserve e deixe esfriar.

Para deixar o bolo ainda mais molhadinho e gostoso me arrisquei em uma calda que deu muito certo.

Calda para molhar o bolo:

Aqueça em uma panela 4 colheres de açúcar, uma xícara de café coado forte e uma pitada de noz moscada ralada.

Montagem

Divida o bolo ao meio, molhe cada parte com a calda de café, recheie com metade do brigadeiro, ponha a outra parte do bolo e cubra com o restante do doce. Enfeite com chocolate em pó polvilhado.

Dica: O bolo fica delicioso servido puro no lanche da tarde ou no café da manhã, para isso acrescente mais meia xícara de açúcar à massa.

Espero que gostem e uma salva de palmas pro pretinho nosso de cada dia que nos mantém acordados e focados. Café, eu te amo!

Dica da semana: bolo de chocolate com café.
Dica da semana: bolo de chocolate com café.

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “GASTRONOMIA”

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.