GASTRONOMIA: Férias e quitandas

A coluna da semana está um pouco atrasada, mas por uma boa causa: tô de férias! Merecido descanso com muito tempo gasto na cozinhaterapia.

Fui pra roça no fim de semana e vim trazendo nata, leite, requeijão, limão… me joguei, fiz a festa e aproveitei pra trazer uma receita pra vocês! 😀 Hoje vamos de rosquinha de nata, com manteiga, amido de milho, ovos caipira e muito sabor de roça.

Pra quem não vai dar nenhum passeio no sítio da família dá para comprar a nata em casas de laticínios.

Vamos à receita que teve a ilustre colaboração da minha mãe – que também está de férias e me acompanha nas aventuras culinárias.

Rosquinhas de Nata

Ingredientes

  • 500g de nata
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 4 ovos inteiros
  • 1 colher de chá de sal
  • ¾ de xícara de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó
  • 500g de amido de milho
  • Aproximadamente 600g de farinha de trigo

Modo de preparo

Misturar a nata, os ovos, a manteiga, o açúcar, o sal e o fermento. Depois acrescentar o amido de milho e ir trabalhando a massa ainda com uma colher de pau, acrescente a farinha de trigo aos poucos até obter uma massa lisa e homogênea, porém úmida e que não grude nas mãos.

foto1

Deixe a massa descansar por 30 minutos e modele as rosquinhas.

foto2

Asse em forno médio preaquecido por aproximadamente 25 minutos.

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “GASTRONOMIA”

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.