GASTRONOMIA: Exercitando a criatividade

Um dos maiores clichês da área de comunicação, mais precisamente sobre nós, publicitários, é que somos pessoas criativas. Tem sempre alguém que fala: “ah! Mas para você é fácil, você é criativa”. Minha profissão exige criatividade? Exige, mas não significa que eu tenha insights e ideias mirabolantes o tempo todo.

Não é porque eu estou na cozinha que sempre vou saber o que fazer com duas batatas e um ovo, como nessas provas de reality shows culinários, é tudo um pouco mais complicado. Tão complicado que estou aqui enrolando, pois não sei sobre o que escrever hoje para vocês. Estou na dúvida se minhas receitas são interessantes, se o assunto será ou não relevante, se irão se divertir ou parar o texto pela metade.

Eu poderia continuar contando casos, procurando palavras rebuscadas para, no fim, não falar de nada, mas ainda que simples prefiro compartilhar com vocês uma receita prática e rápida, porém, bastante saborosa, que testei dia desses na cozinha.

Macarrão é sempre uma “carta na manga” e, com alguns ingredientes, pode se transformar numa refeição incrível e repleta de sabor – e é isso que vou ensinar para vocês hoje!

Macarrão com molho de manteiga e ervas

Ingredientes

  • 1 pacote de espaguete
  • 2 conchas da água do cozimento do macarrão
  • 100g de manteiga
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • 2 colheres de sopa de cebolinha picada
  • 2 colheres de sopa de manjericão picado
  • 2 colheres de sopa de sálvia picada
  • 1 dente de alho
  • 2 colheres de sopa de cebola picada
  • Orégano a gosto
  • Pimenta do reino e sal a gosto

Modo de preparo

Cozinhe o macarrão em água fervente com sal, como manda a embalagem.

Em um pilão ou com auxílio de uma tábua e uma faca misture todas as ervas com a manteiga formando uma pasta homogênea. Acerte o sal e a pimenta do reino.

Em uma frigideira coloque a pasta de manteiga e ervas com um fio de azeite para não queimar, deixe derreter e acrescente um pouco da água do cozimento do macarrão, deixe encorpar um pouco e misture a massa cozida. Sirva com queijo parmesão ralado.

Dica: O ideal é usar todas as ervas frescas para dar mais sabor ao prato.

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “GASTRONOMIA”

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.