GASTRONOMIA: Bolinho de feijoada

Essa semana aproveitei o frio e resolvi fazer um dos meus pratos prediletos: feijoada. Acontece que sempre acabo exagerando e sobra feijoada – me resta, então, congelar para uma refeição futura. A dica de hoje, portanto, é aproveitar essa sobra para fazer um bolinho de feijoada delicioso.

Ah, Kamila, mas eu não faço feijoada em casa e quero comer o bolinho assim mesmo, o que devo fazer? Não tem problema, tem receita de uma massa sem que você precise fazer todo o processo da feijoada.

Ingredientes:

Massa

  • 500g de feijoada pronta;
  • Aproximadamente 1 kg de farinha de trigo para dar liga;
  • 100g de manteiga com sal.

OU

  • 250g de feijão-preto, anteriormente colocado de molho em água por 4 horas;
  • 1 cebola picada miudinha;
  • 4 dentes de alho amassados;
  • 100g de bacon triturado;
  • 100g de paio triturado;
  • 2 folhas de louro;
  • 1 litro de água;
  • sal a gosto;
  • 1 pimenta dedo-de-moça bem picadinha;
  • 1 kg de farinha de trigo para dar liga;
  • 100g de manteiga com sal.

Recheio

  • 500g de carne-seca;
  • manteiga com sal o quanto baste para refogar a carne;
  • 1 maço de couve cortada fininha;
  • azeite suficiente para refogar a couve;
  • farinha de mandioca fininha o quanto baste para empanar.

Modo de preparo:

Se você tiver a sobra de feijoada, separe os ossos e passe por um processador. Leve ao fogo com a manteiga e acrescente aos poucos a farinha até dar liga e desprender do fundo da panela. Deixe esfriar.

Se for fazer a massa, coloque em uma panela de pressão todos os ingredientes, exceto a farinha de trigo e a manteiga. Deixe cozinhar por 30 minutos. Depois de cozida, triture a mistura no processador.

Leve ao fogo a mistura com a manteiga e vá acrescentando a farinha aos poucos, mexendo sempre, até atingir o ponto de liga. Deixe esfriar.

Para o recheio cozinhe a carne-seca em panela de pressão somente com água por cerca de 30 minutos. Desfie a carne e refogue-a na manteiga. Reserve. Refogue a couve no azeite e reserve.

Com a massa, molde bolinhos pequenos. Abra espaço para colocar o recheio de carne-seca e couve. Feche cada bolinho cuidadosamente. Em uma assadeira, coloque farinha de mandioca suficiente para empanar os bolinhos. Encha uma vasilha com água e, nela, mergulhe-os rapidamente; depois, passe-os pela farinha. Frite-os e sirva-os bem quentes com molho de pimenta caseiro.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “GASTRONOMIA”

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.