GASTRONOMIA: Ano novo, assunto velho e bolo quentinho

O ano começa e as pautas não mudam. De cada dez matérias ligadas a saúde e gastronomia, ao menos umas oito vão falar dos excessos das festas de fim de ano, de como se recuperar das ressacas, como eliminar os quilos adquiridos nas ceias e por aí vai.

Encontramos uma lista enorme de sucos detox, sopas revigorantes e dietas que prometem eliminar toda a fartura do fim do ano.

Não, eu não quero ser mais uma nessa lista. Claro que nenhum excesso é bom e que temos que nos preocupar com nossa alimentação e saúde. Tá, pode ligar a TV no Bem Estar, lá da Rede Globo, ou pegar umas dicas com a Bela Gil. Eu não sou profissional da área de saúde, por isso não acho certo afirmar aqui o que vocês devem ou não ingerir, o que faz bem ou mal. Um pouquinho de consciência e bom senso de cada um já dá conta do recado.

Então vamos falar sobre o quê? Não quero ser mais uma na lista das dez dicas de comidas pós fim de ano, nem dar receitas de como aproveitar as sobras de peru e chester.

Vamos adoçar nosso papo e falar sobre bolo? Isso! Eu sou apaixonada por bolos de todos os tipos e sabores. Com chá, café, leite ou como acompanhamento para sobremesa… não importa se tem recheio ou cobertura. Um bolo recém saído do forno ganha meu coração (e meu estômago).

Essa receita de bolo de banana eu faço sempre, pois é prática, não suja um milhão de vasilhas e vai bem no café da manhã ou para o lanche da tarde. Se você quiser ousar, pode servir na sobremesa com uma bola de sorvete de creme ou de chocolate.

Ingredientes
03 ovos
01 xícara de chá de açúcar
01 xícara de chá de óleo
03 bananas prata bem maduras
02 xícaras de farinha de trigo
01 xícara de farinha de rosca
½ xícara de leite
01 colher de sopa de fermento químico em pó
Canela a gosto

Para a calda
03 bananas picadas (em rodelas ou tiras)
½ xícara de açúcar
¼ de xícara de água

Modo de preparo
Faça uma calda com açúcar e a água, igual à calda de pudim. Derreta o açúcar e, quando ela adquirir um tom caramelo, acrescente a água e deixe ferver. Depois de dissolver, desligue.

Forre uma forma com papel manteiga (eu usei a de bolo inglês), coloque as bananas cortadas e cubra com a calda.

Bata no liquidificador o óleo, os ovos, as bananas, o açúcar e o leite. Despeje essa mistura em uma vasilha grande e acrescente as farinhas misturadas e peneiradas. Mexa bem até a massa estar bem lisa. Acrescente o fermento e coloque na forma. Asse em forno médio por aproximadamente 40 minutos ou até que você enfie um palito na massa e ele saia seco.

Desenforme, retire o papel manteiga com cuidado e delicie-se!

IMG_20151116_195549699

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.