GASTRONOMIA: 10 dicas para um bolo perfeito

No café da manhã, no lanche – da tarde e da noite – ou na hora de receber os amigos em casa, o bolo é sempre uma excelente opção. Seja acompanhando aquele cafezinho passado na hora ou um copo de leite. Porém, nem sempre acertamos a mão na hora de fazer a receita. Por isso, separei algumas dicas para fazer um delicioso bolo. Confira!

  1. Siga a receita fielmente

Receita de bolo é matemática. Para que o resultado final seja bom, é importante que você respeite a quantidade indicada na receita. Se surgir alguma dúvida, procure uma receita similar e faça a comparação;

  1. A ordem dos fatores altera o produto sim!

Ditados à parte, para um bolo fofinho e delicioso é importante seguir a ordem dos ingredientes e acrescentar cada um na sua vez, caso contrário o bolo pode solar;

  1. Não abra o forno

Abrir o forno durante a cocção do bolo pode pôr tudo a perder. Espere o bolo começar a corar antes de abrir o forno, a corrente de ar, em contato com o calor, pode fazer seu bolo murchar;

  1. Ingredientes em temperatura ambiente

Use ovos, manteiga e leite em temperatura ambiente. Pode parecer bobagem, mas faz toda a diferença;

  1. Teste do palitinho

Não faça o teste do palitinho/garfo! Ao contrário do que estamos acostumados a fazer, essa não é uma dica boa, pois o furo faz com que o ar entre na massa e ela murche. Pegue delicadamente com a ponta dos dedos no bolo e, se a massa estiver firme, o bolo estará bom;

  1. Fermento

O fermento deve ser guardado em local arejado e seco, jamais na geladeira. Coloque-o sempre no final e não bata a massa, misture delicadamente para não perder as propriedades do fermento;

  1. Desenformando o bolo

Espere o bolo ficar morno para desenformar, o risco de que ele quebre ao desenformá-lo quente é muito grande;

  1. Forno

Cada forno é um forno. As marcas variam muito a temperatura de cada um, mas é imprescindível que pré-aqueça o forno antes. Isso ajuda a não queimar o fundo do bolo e, também, faz com que ele cresça de maneira uniforme;

  1. Ingredientes secos

Peneire todos os ingredientes secos. Isso deixará os ingredientes leves e areados. A farinha absorve muita umidade e forma grumos, peneirar impede que isso aconteça e evita formar grumos na massa;

  1. Choque térmico

Evite retirar o bolo do forno assim que assá-lo para evitar choque térmico. Bancadas frias também devem ser evitadas para que o bolo não murche.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “GASTRONOMIA”

Comentários

Kamila Duarte de Jesus ou simplesmente Nêga, como é chamada pela família e pelos amigos, traz a paixão pelas panelas no DNA. Bisneta de Raimundo Cozinheiro - cozinheiro dos ingleses que vieram para Itabira junto com a Companhia Vale do Rio Doce -, aprendeu a cozinhar ainda criança quando usava um mini fogão a lenha para preparar guisados e batatas para suas bonecas. Formou-se em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Newton Paiva por ouvir de todos que era muito criativa. A paixão pela gastronomia passou de brincadeira de criança a assunto de adulto e já atuando profissionalmente na área se formou em Cozinha Profissional pelo Senac – MG em 2014. Acredita que um bom prato de sopa até cura, que doce é um carinho na alma e que cozinhar é uma maneira de demonstrar amor ao próximo.