ESPORTES: New World

Se preparem! As olimpíadas estão chegando e com ela vários esquemas de corrupção estão sendo descobertos. Um, especificamente, pode ultrapassar R$ 22 milhões em fraude por equipamentos que deveriam ir para atletas brasileiros. Beirando o início dos jogos Rio2016, a Polícia Federal investiga uma quadrilha formada por empresas e, pelo menos, cinco confederações esportivas. Entre os crimes: fraude de licitação, superfaturamento e falsidade ideológica.

As fraudes citadas devem-se à compra de itens como coletes para prática de lutas, tatames, equipamentos eletrônicos e programas de computador para análise de desempenho. Itens que foram licitados e comprados com dinheiro federal, vindo de convênios com o Ministério do Esporte. Já se descobriu que existem fraudes nas confederações de Esgrima, Tiro com Arco, Taekwondo, Tiro Esportivo, além de associações como a Brasileira de Voleibol Paralímpico e clubes que patrocinam atletas olímpicos.

Em uma das compras, uma empresa recebeu R$ 3 milhões para adquirir filmadoras. A Confederação Brasileira de Taekwondo informou ao Ministério do Esporte ter comprado 60 filmadoras de mão, ao custo de R$ 2,4 mil cada, mas a empresa forneceu câmeras avaliadas em R$ 200.

Já em outra licitação para compra de tatames para o taekwondo, as investigações mostraram que a empresa vencedora é uma distribuidora de bebidas. Em depoimento, a dona negou que tenha participado da concorrência que custou aos cofres públicos R$ 432 mil. Essa empresa que comanda a fraude fica a 230 metros, apenas, da sede do COB.

Tem gente que ainda pensa em um possível legado no país após os jogos. Pura balela! Enquanto os atletas estrangeiros têm treinado forte para a conquista da medalha olímpica, os nossos atletas brasileiros, além de enfrentarem todos os possíveis adversários mundo a fora, devem também enfrentar todos esses safados que insistem em sugar o máximo de dinheiro público possível. Nessa competição nossos atletas já estão em desvantagem antes mesmo dos jogos se iniciarem.

Oremos por dias melhores…

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “ESPORTES”

Comentários

Lucas, Cabelo e até Lucão (juro!). Único filho homem em uma família com duas irmãs que, assim como todo brasileiro, também sonhava em ser jogador de futebol. Tão talentoso que do campo foi para o sofá e do sofá para o teclado. Hobbie? Bola. Seja redonda ou oval, grande ou pequena, com ou sem costura; a emoção é sempre a mesma!