ESPORTES: Cruzeiro em duelo de copeiros, Atlético morno e América firme rumo à elite

Na quarta-feira, 16 de agosto, o Cruzeiro enfrenta o Grêmio em Porto Alegre. A partida, válida pelas semifinais da Copa do Brasil, coloca frente a frente os clubes com maiores taças nessa competição nacional. O time gaúcho, comandado por Renato Portaluppi, é o atual campeão do torneio, pois sagrou-se pentacampeão no ano passado ao vencer a decisão contra o Atlético, deixando o Cruzeiro, com quatro títulos, como o segundo maior campeão.

A Raposa tem agora a oportunidade de eliminar o Grêmio, impedindo que a distância em número de títulos na Copa do Brasil aumente e, claro, podendo se igualar, numa possível vitória na final, ao pentacampeonato do tricolor gaúcho.

O time do sul faz um grande ano até aqui. Além da partida decisiva contra o Cruzeiro, o tricolor dos pampas está na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, nas quartas de final da Taça Libertadores da América e tem jogado um grande futebol, dentro e fora de casa. O Cruzeiro, por sua vez, passou por altos e baixos durante a temporada, mas a boa fase de Sassá e Thiago Neves podem ser o trunfo celeste nessa Copa do Brasil, além, claro, da tradição de copeiro que sempre pesa nesse tipo de decisão.

Se o cruzeirense está ansioso para uma partida decisiva, o atleticano não deve passar por mais grandes emoções em 2017. O Galo saiu da Taça Libertadores na última semana, frustrando o torcedor. O time já havia sido eliminado anteriormente da Copa do Brasil pelo Botafogo, e sem chances reais de título no Brasileirão, o ano deve terminar meio morno. Além do Campeonato Brasileiro, o Atlético ainda está na disputa da insossa Primeira Liga.

Na série B, o América tem feito bonito e está na liderança da competição. O Coelho tem 39 pontos, 3 a mais que o Internacional e 8 acima do 5° colocado, o Juventude, o que dá uma boa margem para o time mineiro caminhar de volta a elite nacional.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “ESPORTES”

Comentários