COMUNICAÇÃO E MARKETING: Snapchat a favor das marcas

As redes sociais já extrapolaram o seu preceito básico de interação entre as pessoas para se tornarem peças importantes para as estratégias de comunicação das empresas. Facebook, Twitter e Instagram já foram bastante incorporados nos planejamentos de marketing das empresas e, não à toa, têm dado respostas bastante positivas para os profissionais da área. Porém, o mundo digital conta com inúmeras redes sociais e que podem ter aplicações importantes quando se trata dos trabalhos de comunicação e marketing.

O Snapchat é uma das mais promissoras redes sociais do momento e já conta com uma cartela de mais de 100 milhões de usuários em todo mundo. Um número bastante significativo e que tende a crescer. Diante desse quadro, as marcas precisam voltar os seus olhos para o aplicativo, estudar o seu uso em suas estratégias de marketing e explorar as suas possibilidades de comunicação – sobretudo para aquelas empresas que buscam se relacionar com os jovens, maior público do Snapchat.

Para quem ainda não conhece, o Snapchat é uma rede de compartilhamento de fotos e vídeos, mas que apresenta um diferencial frente aos seus concorrentes: os conteúdos compartilhados têm um tempo de duração determinado pelos usuários – ao fim desse tempo ele é apagado. Além disso, o aplicativo permite que se acrescente legendas, emojis e desenhos sobre as imagens, o que aumenta a interatividade entre usuários e rede social.

Devido às suas particularidades, o Snapchat se apresenta como um grande desafio para os profissionais do marketing digital. É preciso identificar como esse aplicativo pode ser integrado e agregar resultados às estratégias de comunicação, assim como definir como seus recursos podem ser usados para fortalecer a marca. É nessas horas que a criatividade se faz necessária e a interatividade proporcionada pela rede social pode criar inúmeras possibilidades de uso corporativo.

A criação de promoções exclusivas – e com tempo determinado – para os seguidores de uma marca, o registro de momentos exclusivos da rotina diária de uma empresa, o registro de momentos específicos de um evento e o compartilhamento de imagens que mostrem o uso ou a interação com produtos são algumas das possibilidades que o aplicativo abre para as empresas que se aventuram nele.

Porém, é sempre importante ter em mente que o uso de uma rede social para as suas estratégias de marketing digital depende da relevância que elas possuem para o seu público. Se o seu cliente não estiver no Snapchat, por exemplo, certamente promoverá ações com poucos resultados para a sua marca. Para se planejar melhor, que tal conferir alguns dados sobre essa promissora rede social:

  • O público do Snapchat tem entre 13 e 34 anos;
  • 70% desse público é do sexo feminino;
  • Diariamente 5 bilhões de vídeos são visualizados na plataforma;
  • Existem mais de 100 milhões de usuários ativos diariamente em todo mundo;
  • O Snapachat já aparece como alternativa para acompanhar eventos globais; para isso os usuários usam a opção “Ao vivo”, o que permite substituir, por exemplo, as televisões.

Já experimentou o Snapchat em alguma ação de comunicação e marketing? Compartilhe nos comentários a sua experiência!

origami

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “COMUNICAÇÃO E MARKETING”

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.