COMUNICAÇÃO E MARKETING: Instagram for Business chega ao Brasil

O Instagram segue anunciando novidades e, dessa vez, as boas novas são para as empresas que têm perfis de negócios na plataforma e para os profissionais de comunicação e marketing. As marcas já utilizam há algum tempo a rede social para ganhar audiência e se relacionar com seu público. Porém, não existiam mecanismos que permitissem mensurar e analisar a performance do conteúdo veiculado no aplicativo.

Agora, com o novo recurso Instagram for Business liberado no Brasil, os profissionais do setor podem trabalhar com novos perfis de negócios, métricas mais detalhadas – que superam as limitações de se avaliar apenas com base em curtidas e visualizações – e com a possibilidade de criar anúncios dentro do próprio aplicativo. Novas oportunidades que vão permitir a criação de estratégias mais eficientes e uma avaliação mais completa dos resultados obtidos em cada campanha.

Em junho deste ano o Instagram, que foi comprado em 2012 pelo Facebook, anunciou o lançamento de uma ferramenta voltada para os perfis corporativos. Inicialmente, a sessão voltada para negócios havia sido liberada em julho nos Estados Unidos, Reino Unido e Nova Zelândia. Essa nova função acaba de ser disponibilizada no Brasil e, desde segunda-feira, 15 de agosto, já pode ser acessada pelas marcas.

Assim como vem fazendo em suas diversas plataformas, a equipe do Facebook tem se valido dos feedbacks de seus usuários para promover alterações em suas redes sociais. Foi por meio de entrevistas com empresas que os analistas do grupo perceberam que as marcas desejam mais destaque dentro do Instagram, informações sobre suas performances após as postagens e a possibilidade de alcançar mais pessoas.

Entenda: Business Profile

A ferramenta é gratuita e está disponível para os perfis que desejam ser conhecidos como tal. Ao utilizar esse recurso, as empresas definem como os seus clientes podem entrar em contato com elas – seja por e-mail, telefone, mensagem, que podem ser acessadas ao lado do botão seguir –, informam o seu endereço, além de desbloquear o acesso às métricas e o recurso de promover as postagens.

Porém, existem algumas exigências para que se possa ter um business profile: é necessário que as empresas já tenham uma página corporativa no Facebook com ao menos 100 seguidores. De acordo com o Instagram, essas medidas permitem utilizar as credenciais de pagamento já usadas na rede social de Mark Zuckerberg, além de utilizar as informações de endereço, número de telefone e website já disponibilizadas no Facebook.

Entenda: Insights

Essa seção permite que as empresas e profissionais de comunicação e marketing tenham acesso a informações sobre os seguidores do perfil e quais posts têm melhor performance na plataforma. Algumas das métricas disponibilizadas nesses insights são top posts, alcance, impressões e engajamento. Além disso, será possível acessar dados específicos sobre os seguidores, como gênero, idade, localização e o horário em que mais acessam o Instagram.

Essas informações vão permitir que as empresas desenvolvam campanhas melhor segmentadas, pois é possível conhecer melhor os seguidores e produzir conteúdos mais interessantes para as pessoas que relacionam com a sua marca.

Entenda: Promoção

Essa ferramenta permite que aqueles posts que apresentam melhor desempenho sejam transformados em anúncios dentro do próprio aplicativo. Dessa forma, é possível selecionar o conteúdo, adicionar um botão encorajando a sua audiência a interagir com o post e promover pelo tempo que você definir. Outra possibilidade é determinar o público alvo a ser alcançado ou deixar que o próprio Instagram faça essa definição.

origami

LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “COMUNICAÇÃO E MARKETING”

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.