COMUNICAÇÃO E MARKETING: Facebook Stories leva ferramenta criada pelo Snapchat a maior rede social do mundo

O Facebook tem acirrado ainda mais a disputa com o Snapchat. Depois de inserir o modo Stories no Instagram, WhastApp e Messenger, a equipe capitaneada por Mark Zuckerberg decidiu incorporar a ferramenta ao seu principal produto: o próprio Facebook. Agora, quem possui o app da principal rede social do mundo em seu smartphone pode compartilhar fotografias e vídeos temporários.

Esse modelo de compartilhamento de conteúdo foi criado pelo Snapchat e logo caiu nas graças das pessoas – sobretudo com o público jovem. Determinar um tempo para que as informações compartilhadas permanecessem ativas abriu novas possibilidades de relacionamento por meio da internet. Além disso, o app ainda inseriu diversos filtros que tornavam a experiência ainda mais divertida.

Diante do sucesso do app, o Facebook tentou comprar o aplicativo. Mas a investida foi rejeitada, o que deu início a um embate entre as duas empresas. Aos poucos, Zuckerberg começou a incorporar uma ferramenta parecida com a do Snapchat em seus diversos aplicativos. A função Stories agradou ao público e vem ameaçando a concorrência. Agora, a disputa chegou a outro nível e passou a envolver a maior rede social do globo.

05
A ferramenta Stories do Facebook contará com diversos filtros para serem usados.

Para utilizar a função Stories no Facebook basta clicar no ícone no canto superior esquerdo da tela do seu smartphone ou passar o feed de notícias para o lado direito. Assim como acontece no outros aplicativos que contém a ferramenta Stories, estão disponíveis dezenas de filtros, molduras e efeitos para tornar a experiência agradável, divertida e, quem sabe, única. O anúncio dessa “novidade” foi feito no final de março por Connor Hayes, product manager da empresa.

E ainda tem mais! Para fortalecer a nova funcionalidade do app, o Facebook já negocia parcerias com algumas empresas para criar filtros exclusivos para seus usuários. Entres os possíveis parceiros estão filmes como “Meu Malvado Favorito 3”, “Power Rangers”, “Smurfs”, dentre outros. A rede social também vai disponibilizar efeitos criados por artistas visuais, o que dá mostras de que trabalhará constantemente para atualizar seus filtros.

A função Stories do Facebook vinha sendo testada desde o início do ano em países como a Irlanda. Poucos meses depois começa a ser incorporada em outros países. A ferramenta funciona da mesma forma que em outros aplicativos – como Snapchat, Instagram e WhatsApp – e permite o compartilhamento de fotos e vídeos com duração de 24 horas. Depois disso desaparecem.

06
As fotos e vídeos – que tem “tempo de validade” – podem ser comentadas por seus amigos por meio de mensagens diretas.

Além disso, é possível responder a essas histórias por meio de mensagens diretas. Exatamente o mesmo mecanismo usado em outras redes sociais. Dessa forma, não há uma inovação propriamente dita, mas a incorporação de uma estratégia que deu certo. A pergunta que fica é se o Snapchat conseguirá sobreviver às investidas feitas pelo Facebook em cima de seu, até então, principal diferencial frente aos seus concorrentes.

Para o Facebook, a utilização dessa ferramenta vem dando muito certo. O Instagram já conta com 150 milhões de usuários utilizando o modo Stories. Número que está bem próximo da base total de usuário do Snapchat – que supera 160 milhões de pessoas. Ao estender a ferramenta para o Facebook, Zuckerberg passa a disponibilizar esse sistema para um total de 1,8 bilhão de usuários.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS ARTIGOS DA COLUNA “COMUNICAÇÃO E MARKETING”

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.