COMUNICAÇÃO E MARKETING: Cada rede social deve ser usada de maneira diferente

Em tempos de smartphones e tablets, quem não está em uma rede social pode se considerar desligado do mundo. E não é brincadeira! Atualmente existe um sem número de sites de relacionamento e que abrangem praticamente tudo: tem para o cinéfilo e para o leitor; tem para quem gosta de fotografia e pra quem curte vídeos; tem para aqueles que preferem mandar mensagens curtas e até para os adeptos dos textões… e assim por diante.

Toda essa popularidade fez com que empresas e marcas voltassem a sua atenção para as redes sociais e todo o público que diariamente passa por elas. Quem está fora da Internet está perdendo não só visibilidade, mas oportunidades de se fazer negócios e fortalecer a sua imagem corporativa. Ser dono de um perfil em alguma rede social já não é mais um diferencial, e sim uma obrigação estratégica para as marcas.

E para que esse planejamento de marketing digital possa ser eficiente é preciso saber como posicionar a sua empresa em cada uma dessas redes sociais – ou ao menos naquelas que pretende atuar. É comum as pessoas desenharem uma estratégia única para as redes sociais, o que pode até economizar tempo de trabalho, mas certamente não dará os mesmos resultados se você pensar em atuação específica para cada site de relacionamento.

Algumas dessas redes sociais podem até ser concorrentes, como acontece com o Facebook e o Google+, mas não se pode afirmar isso sobre todas elas. Em alguns casos as diferenças entre cada plataforma podem ser sutis, mas, de qualquer forma, estão lá e é preciso prestar bastante atenção nesses detalhes. O seu planejamento de marketing digital não deve ser pensado para englobar redes sociais, mas sim em usar o Twitter, Instagram, Pinterest, Snapchat…, individualizando a estratégia para cada plataforma que pretenda usar.

Pois, assim, é possível levar em consideração a particularidade de cada uma delas, como a faixa etária do público que acessa determinada rede social, o tipo de mídia que é mais compartilhado ali, o objetivo que é usado naquele site, a linguagem que mais se aproxima dos usuários, dentre outros aspectos. É com esse pensamento que o planejamento de marketing digital deve ser feito.

Nos próximos parágrafos iremos falar um pouco mais sobre algumas das redes sociais mais usadas. Confira!

Facebook
Essa é a rede social mais popular do mundo – e você sabe disso, pois, tenho certeza, você, sua família e seus amigos também estão lá. Diante disso, dificilmente uma marca que quer se posicionar na Internet ficará de fora desse site. Ele é atrativo, oferece boas ferramentas de mensuração e pode ser um excelente mecanismo de divulgação e visibilidade para uma empresa.

O Facebook se caracteriza por atualizações dinâmicas e muito bem direcionadas para seus usuários. A plataforma conta com um algoritmo que interpreta qual o tipo de conteúdo que cada pessoa mais interage ou acessa e, assim, direciona para elas as informações que buscam. E é por isso que nessa rede social a qualidade do que é postado é mais importante do que a quantidade.

Google+
É a rede social da Google, mas não conseguiu alcançar toda a popularidade que era esperada. Principalmente por se assemelhar ao Facebook, o seu principal concorrente. Em comparação, o Gogole+ dificilmente irá gerar mais tráfego que o seu rival. Apesar disso, criar um perfil empresarial nessa rede social não é má opção.

Lembre-se: essa plataforma pertence a um dos gigantes da Internet e da inovação. Além disso, é certo que as postagens que fizer no Google+ serão indexadas mais rapidamente no buscador da Google do que qualquer outra rede social que você use. O que pode ser um atrativo dentro da sua estratégia de marketing digital.

Twitter
Esse “passarinho” ficou famoso por obrigar as pessoas a serem sucintas nas mensagens compartilhadas, afinal, são 140 caracteres para cada texto. Mas foi essa característica que definiu bem como a rede social é utilizada atualmente: extremamente dinâmica e com conteúdos com uma linguagem direta. Não é à toa que se notabiliza como um espaço para comentar os acontecimentos em tempo real. Sejam eles o resultado de um reality show, uma partida de futebol ou o último escândalo político.

Apesar desse caráter imediatista, o Twitter pode ser usado por qualquer empresa – mesmo aquelas que não têm a pretensão de compartilhar informações em tempo real. Uma das boas funcionalidades dessa plataforma é o relacionamento, como um SAC 2.0 ou interação com o seu público, assim como uma rede de contatos com outras marcas.

Youtube
Quando se fala em web vídeo, a primeira palavra que surge na sua cabeça é Youtube. E não é por menos: atualmente é o serviço de streaming mais popular do mundo. Alguns podem até não perceber o site como uma rede social, mas qualquer um que conte com uma conta Google pode seguir canais, receber atualizações, deixar os seus recadinhos e até mesmo interagir com outros usuários.

Os vídeos também são a mídia mais popular em outras redes sociais, como o Facebook. Tanto pela facilidade de compartilhamento quanto pelas possibilidades de produção que oferecem. E no Youtube dá para explorar muita coisa: comerciais, vídeos institucionais, mensagens, palestras, solucionar dúvidas e diversas outras soluções. É só soltar a imaginação.

Instagram
Essa é uma rede social que caiu no gosto do internauta. Primeiro porque começou como um sistema de compartilhamento exclusivo de fotos, e segundo porque é bastante focada no mobile. Assim, as fotos tiradas naquela viagem podem ir diretamente para a tela do celular dos seus amigos – e ainda render comentários e corações! Pra completar, agora também é possível colocar microvídeos. O que a torna ainda mais atrativa.

As possibilidades de uso dessa rede social para uma marca também são bem variadas. Pode ser um catálogo de produtos, uma rede de anúncios para eventos, um sistema de divulgação de ações, um local para sortear brindes ou facilidades para os clientes, um espaço para mostrar a rotina da empresa ou os bastidores de algum trabalho.

Além dessas redes sociais sobre a qual tratamos aqui, ainda existem outras que, bem exploradas, podem render excelentes resultados para a sua empresa, como o LinkedIn, Snapchat, SlideShare, Pinterest, Tumblr, Foursquare, dentre outras. Tudo vai depender dos seus objetivos e de qual o público que você pretende interagir.

Gostou deste artigo? Então compartilhe com a gente as suas ideias e opiniões!

origami

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.