Empresário libera patentes de carros elétricos para combater o aquecimento global

Empreendedor ambicioso, bilionário, filantropo, engenheiro e inventor, o sul-africano Elon Musk é muito conhecido por suas ideia inovadoras na criação de carros elétricos e pelo sonho de infância de mandar pessoas para o espaço. Hábil, desde muito novo, o chefão de grandes empresas como a Tesla e a SpaceX sempre demonstrou talento para transformar boas ideias tecnológicas em negócios bem sucedidos.

Agora ele tem um novo foco: salvar o planeta. Para isso, ele se demonstrou disposto a derrubar bases do capitalismo que o fez tão rico. Em uma decisão surpreendente, ele anuncio no início do ano que vai liberar as patentes de sua empresa de carros elétricos, a Tesla. E mais, empresas que usarem suas tecnologia de boa fé, não serão processadas. Ele considera que essa medida pode ajudar a frear o aquecimento global.

Segundo Musk, em comunicado oficial, o propósito da empresa é mais importante do que seu lucro, essencialmente baseado em patentes e exclusividades. O texto dizia o seguinte: “A Tesla Motors foi criada para acelerar o advento de transportes sustentáveis. Se abrirmos o caminho para a criação de veículos elétricos, mas depois criamos armadilhas de propriedade intelectual para inibir outras empresas, estaremos agindo no sentido contrário de nosso objetivo”.

Outra questão defendida por Musk, é que abrir as patentes irá acirrar a competição com as grandes fabricantes automotivas. Ele acredita que a gigantesca produção anual de centenas de milhões de carros poluentes no mundo, é impossível de ser combatida apenas pela Tesla. Assim, com outras empresas fabricando carros que não fazem emissão de carbono, ganha o planeta e valoriza-se as fabricantes.

LEIA MAIS

Comentários