Animais pré-históricos voadores foram identificados por paleontólogos

Uma equipe de paleontólogos canadenses identificou uma nova espécie de pterossauro, com cerca de 10 metros de envergadura e 250 quilos. Isso faz dele um dos maiores animais voadores da pré-história. A revelação foi feira nesta terça-feira, 11 de setembro, e deixam claro que répteis do tamanho de aviões dominavam os céus do final do Cretáceo.

Com o nome científico de Cryodrakon boreas, essa nova espécie rivaliza com outro pterossauro pelo posto de maior animal voador de todos os tempos, relataram pesquisadores no “Journal of Vertebrate Paleontology”. “É ótimo que possamos identificar o Cryodrakon como sendo distinto do Quetzalcoatlus, o outro pterossauro gigante com o qual foi inicialmente confundido. Essa descoberta nos dá uma ideia mais precisa da diversidade de pterossauros na América do Norte e sua evolução”, disse David Home, pesquisador da Queen Mary’s University de Londres e principal autor do estudo.
210852-web

Os fósseis que deram origem à pesquisa foram encontrados há mais de 30 anos em Alberta, no Canadá, mas provocaram pouca empolgação por causa da classificação incorreta. Uma análise mais atenta de um espécime jovem e do osso do pescoço gigante intacto de um exemplar adulto, encontrados mais recentemente, não deixou dúvidas de que uma nova espécie tinha sido descoberta.

000-1k65ig

Comentários